Belfort volta a São Paulo para provar que ainda pode ser o Fenômeno

Vitor Belfort

Vitor Belfort

Amazonianarede – Lancenet

São Paulo – O Fenômeno ainda está vivo. É com esse espírito que Vitor Belfort enfrentará o inglês Michael Bisping, pelo peso-médio, na maior luta do UFC São Paulo, cujo card principal ocorre a partir da 0h deste domingo (o card preliminar começa às 20h30 deste sábado), no Ginásio do Ibirapuera. Antes protagonista, o brasileiro entrará no octógono paulista como coadjuvante. Mas nada que uma vitória não mude.

Com duas derrotas nas últimas quatro lutas e sem chance, pelo menos no momento, de voltar a enfrentar Anderson Silva pelo cinturão, Belfort quer provar que não está acabado. Para isso, tenta repetir o que sempre fez no torneio: terminar suas lutas no primeiro round.

Das dez vitórias que já conquistou no UFC, todas terminaram no primeiro round. Um recorde. Entre elas, o inesquecível nocaute em Wanderlei Silva no primeiro UFC no Brasil, em 1998, no Canindé.

– Meu condicionamento é excelente, mas meu preparo mental é melhor ainda. Eu tenho certeza da vitória, isso não é arrogância. Eu confio nos meus treinadores. Se precisar, vou lutar 25 minutos. Se eu terminar a luta antes, vou correr para o vestiário e completar lá os 25 minutos. Estou preparado para fazer isso – afirmou o brasileiro.

Aos 35 anos, Belfort não pensa em aposentadoria. Aliás, evita o assunto quando é questionado. Um dos principais brasileiros na história do MMA, ele ainda quer muito mais.

– A próxima luta é sempre a mais importante. Amo o que faço e agradeço a Deus por renovar minhas forças, ter alegria, felicidade. Faço o que amo, não é para ganhar dinheiro, como a maioria faz – falou.

Se Belfort luta para recuperar a condição de Fenômeno, Bisping quer vencer para mirar Anderson Silva. Com a vitória, ele será o novo desafiante do brasileiro pelo título.

O Fenômeno

O primeiro grande momento da carreira de Vitor Belfort ocorreu em 16 de outubro de 1998. No Ginásio do Canindé, em São Paulo, ele nocauteou Wanderlei Silva em 44 segundos, no duelo das duas maiores promessas do MMA nacional. Desde então, consolidou-se o apelido de Fenômeno.

Recorde no UFC

A alcunha não é por acaso. Belfort é o recordista em número de lutas finalizadas no primeiro round entre os lutadores que já passaram pelo UFC. Todas as dez vitórias que possui no maior evento de MMA do mundo vieram com nocautes ou finalizações logo no assalto de abertura. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.