Assembleia sedia abertura da 10ª Semana do Peixe no Amazonas

(Foto: Rubilar Santos)

Com o tema “Pescado, Delícia com Sabor de Saúde”, a 10a Semana do Peixe no Amazonas, que acontece no período de 2 a 15 de setembro, foi aberta na manhã desta segunda-feira (2) no Auditório João Bosco, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Realizada em nível nacional pelo Ministério da Pesca e Aquicultura, em Manaus, o evento conta com a parceria da Associação de Bares e Restaurantes-Abrasel e apoio da Secretaria de Estado da Pesca (Sepa-AM), da Assembleia e do Governo do Estado.

O presidente da Comissão Pesca e Aquicultura da Assembleia, deputado estadual Orlando Cidade (PTN), elogiou a realização do evento que tem uma ampla programação em escolas, mercados e feiras, com palestras, oficinas e venda do pescado em alguns bairros periféricos de Manaus. O parlamentar destacou a importância do peixe na alimentação das pessoas. Por sua vez, o deputado Sinésio Campos (PT) ressaltou que a piscicultura é um segmento que se amplia cada vez mais e isso, é fundamental para o desenvolvimento dos amazônidas.

O superintendente do Ministério da Pesca no Amazonas, Raimundo Nonato Souza, disse que o Plano Safra, lançado no ano passado pelo Governo Federal, está disponibilizando R$ 4, 1 bilhões para fomentar a pesca no Estado, inclusive a aquicultura com pesquisa. “Fechamos um acordo com o Governo do Estado para subsidiar a ração. O grande vilão da aquicultura”, informou.

O superintendente da Superintendência Nacional de Abastecimento do Amazonas (Sunab-AM), Thomaz Meireles anunciou, durante o evento, o montante de R$ 1 milhão para compra do pirarucu, que será incluído no cardápio da merenda escolar do amazonense.

O secretário-executivo da Secretaria de Estado de Articulação de Políticas Públicas aos Movimentos Sociais e Populares (Searp), Geraldo Bernardino, destacou que o grande problema da pesca no Estado é da distribuição e comercialização, por conta da logística que envolve a figura do atravessador, que faz com que o preço do peixe fique caro para o consumidor final.

Além das autoridades governamentais, prefeituras e todos os envolvidos na cadeia do pescado, como produtores, fornecedores, supermercadistas, empresas processadoras, participarão do evento, que encerrará com um torneio de pesca em Balbina, no município de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.