Artur faz caminhada de quatro horas no centro

Manaus – No último dia antes do primeiro turno das eleições para a Prefeitura de Manaus, o candidato Artur Virgílio Neto fez uma caminhada de muito fôlego no centro da cidade, nesta manhã de sábado (6). Durante quatro horas ele percorreu desde a rua Barão de São Domingos até a fim da Avenida Eduardo Ribeiro sendo saudado por pedestres, comerciantes e comerciários, passageiros de ônibus e também camelôs que gritavam “chegou Artur, o prefeito de Manaus!”. Os motoristas fizeram espontaneamente um verdadeiro buzinaço no centro de Manaus.

Nesse clima de receptividade pública Artur declarou que está “em marcha batida para uma vitória consagradora” neste primeiro turno. “Estou pronto para os dois”, afirmou.

O candidato começou a caminhada pelo local em que nasceu, no entorno da Igreja dos Remédios – onde entrou para fazer orações e onde foi batizado, antes de iniciar a maratona que percorreu as ruas Miranda Leão, Floriano Peixoto, Theodoreto Souto e Avenida Eduardo Ribeiro.

Se havia algum impasse entre Artur e os camelôs em função de sua administração passada como prefeito (1989/1992) em que retirou a categoria das ruas e calçadas de Manaus, isso já foi resolvido. “É impressionante! Foi uma coisa de compreensão mútua. Um deles ficou 10 minutos me pedindo perdão por ter ficado magoado, à época, comigo e eu pedindo perdão por ter lhe ofendido. Ficamos no impasse! Então eu disse: ‘vamos trabalhar juntos por esta Manaus e dar dignidade a esta cidade’. Os camelôs vão ser respeitados e ter o direito de crescer na vida, ter direitos trabalhistas e se tornarem microempresários com crédito do Banco de Economia Social e mini shoppings espalhados em toda a cidade”, explicou.

“Não sossego enquanto não tornar Manaus e está área central e histórica, bonitas. Vamos ter shoppings a céu aberto, lojas abertas à noite, restaurantes, cultura, lazer, segurança iluminação. Manaus precisa de um prefeito com esta paixão que sinto por ela”, emocionou-se Artur ao conversar com a população, no final da caminhada.

(Texto: Francine Tapajós-Foto: Márcio Melo)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.