Após quatro dias, Sarney tem alta de hospital em São Luis

Brasília – O senador José Sarney (PMDB-AP) recebeu alta nesta quarta-feira (31) e já deixou o UDI Hospital, em São Luís, onde estava internado desde a madrugada de domingo (28), tratando uma infecção pulmonar. Na tarde desta quarta-feira, ele internou-se no hospital Sírio-Libanês (em São Paulo), para check-up.

A decisão de fazer o check-up foi anunciada pela família do senador há dois dias em função dos recentes problemas de saúde. Neste ano, ele esteve internado em Brasília com dores no peito e já tinha apresentado alterações semelhantes no ano passado, quando foi encaminhado para um hospital em São Paulo.

O último boletim emitido pela equipe médica do hospital, na tarde desta terça-feira (30), confirmava que o senador apresentava melhora, respirando sem a necessidade de aparelhos e mantendo os sinais vitais estáveis. O diretor do hospital e médico responsável pelo acompanhamento de Sarney, o cardiologista Carlos Gama, informou que o tratamento foi baseado em antibióticos.

O senador esteve acompanhado durante todo o tempo pela esposa, Marly Sarney, e pelos três filhos – Roseana (governadora do Maranhão), Fernando e José Sarney Filho. O parlamentar foi internado na madrugada de domingo (28), depois de passar mal no casamento de uma das netas, com calafrios e febre.Os primeiros exames não acusaram problemas mais graves.

O parlamentar tem 83 anos e começou a carreira política em 1955. Em quase 60 anos de atuação política, Sarney foi deputado federal e senador por diversas vezes e presidente da República em 1984, quando assumiu o cargo após a morte de Tancredo Neves, presidente eleito depois do movimento das Diretas Já. Ele era o vice-presidente eleito.
Sarney nasceu em 1930, em Pinheiro, no Maranhão. Entretanto, é senador eleito pelo Amapá.

(Amazonianarede – Agência Brasil)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.