Após 50 dias, chega ao fim a greve na Suframa

Depois de muita discussão, servidores resolveram votar -elo fim da paralização na Siframa
Depois de muita discussão, servidores resolveram votar -elo fim da paralização na Siframa
Depois de muita discussão, servidores resolveram votar -elo fim da paralização na Siframa

Amazonas – As revindicações dos servidores ainda não foram atendidas pelo Governo Federal, mas, após dois meses de paralisação, O Sindicato da categoria anunciou que os servidores da autarquia aprovaram o fim do movimento e ficam no aguado do agendamento de uma reunião com o Governo, com a esperança de que reivindicações possam ser atendidas.

O movimento grevista que prejudicou o comércio e as indústrias, do PIM e de quebra a arrecadação do Estado, foi tentativa de derrubar o veto da Medida Provisória 660, referente ao Plano de Cargos e Carreiras (PCC) dos servidores que deveria ocorrer em 14 de julho, mas acabou sendo adiada para o mês de agosto. A greve abrangeu as 14 unidades da Suframa, em cinco estados – Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima.

O fim da greve foi decidido em assembleia, nesta tarde, conforme o presidente do sindicato. “Foi decido após um pedido dos parlamentares dos cinco estados, tendo em vista que o governo federal se comprometeu com os parlamentares a resolver os problemas dos servidores, no que diz respeito a reestruturação da carreira” assegurou.

Amazonianarede-Assessoria

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.