Apesar de desoneração, cesta básica sobe em 16 capitais, incluindo Manaus

São Paulo – Em março, o preço da cesta básica aumentou em16 das 18 capitais analisadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira (8), as maiores altas foram apuradas em Vitória (6,01%), Manaus (4,55%) e Salvador (4,08%), sendo que os aumentos poderiam ter sido maiores se não fossem os produtos desonerados pelo governo, que teriam contribuído para reduzir o valor da cesta básica em 15 das18 capitais verificadas.

Sobre as menores oscilações, estas ocorreram em Florianópolis (-2,25%), Natal (-1,42%) e Recife (0,39%).

Valores

Segundo informações do Dieese, em março deste ano, São Paulo teve a cesta mais cara do País, custando R$ 336,26. Em seguida, veio o conjunto de alimentos de Vitória (R$ 332,24) e em terceiro lugar, Manaus (R$ 328,49).

Os preços mais baixos foram encontrados em Aracaju (R$ 245,94), João Pessoa (R$ 274,64) e Campo Grande (R$ 276,44). 

Produtos Desonerados

No que diz respeito aos cinco itens desonerados pela Medida Provisória 609, de 08 de março, (carne, manteiga, café, açúcar e óleo), o Dieese observou que somente em Belém e Porto Alegre houve queda nos cinco produtos.

Na maior parte das capitais observou-se diminuição nos preços de quatro dos cinco itens, sendo que por item, o comportamento ficou assim: óleo, queda em 16 capitais; carne, recuo em 15 capitais; açúcar, queda em 12 capitais; café, diminuição em 11 capitais; e manteiga, queda em nove localidades.

Ainda de acordo com o levantamento, somente nas cidades de Manaus, Rio de Janeiro e Florianópolis, os produtos desonerados reforçaram a elevação do custo da cesta básica, sendo que, neste último, o aumento da carne acabou por reduzir a queda de preços observada no comportamento dos demais produtos.

Fonte: Dieese 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.