Antes de recesso, São Paulo e Grêmio ficam no empate

Time do Morumbi saiu na frente, mas cedeu o empate aos gaúchos no final.

Num jogo em que cada um dos times dominou um tempo, São Paulo e Grêmio empataram em 1 a 1, nesta quarta-feira, na Arena Grêmio, na última partida do Brasileirão antes da pausa para a Copa da Confederações. O time paulista mandou na primeira etapa e abriu o placar com Luis Fabiano. Depois do intervalo, com a entrada de Elano, os gaúchos assumiram o comando do meio-campo, pressionaram o tempo todo e conseguiram o empate com Kleber, aos 41 minutos do segundo tempo.

O empate cedido no final mantém o clima ruim no São Paulo, que agora só volta a jogar no próximo dia 3 de julho, contra o Corinthians, pela Recopa Sul-Americana. A equipe paulista está no sexto lugar, com oito pontos.

Os gaúchos aparecem em sétimo, atrás só no saldo de gols. Ao sair do jogo, Luis Fabiano avisou: “Pode ter sido meu último jogo pelo São Paulo. Todo mundo sabe o esforço que fiz para vir para cá. Uma vez que sou colocado no mercado existe interesse de outros clubes. Existem algumas coisas que de repente podem acontecer”. O camisa 9 são-paulino negou os boatos de que ele e Maicon teriam se desentendido no vestiário durante a derrota para o Goiás.

O jogo – Mesmo contestado, Luis Fabiano fazia a diferença no início da partida. Aos 13 minutos ele recebeu de Ganso, deu uma meia-lua em Bressan e bateu cruzado. Dida pegou. Na segunda chance clara, o centroavante não desperdiçou. Aos 41, Douglas fez boa jogada individual, Luis Fabiano recebeu já protegendo em cima de Bressan e bateu de bico, sem chances para o goleiro.

Se no primeiro tempo praticamente só deu São Paulo, na segunda etapa o Grêmio voltou mais disposto, até para responder às vaias que a torcida não poupou na saída para o intervalo. As entradas de Elano e Guilherme Biteco, nas vagas de Welliton e Adriano, fez o time da casa dominar o meio-campo. Souza “batia” com Ganso e o São Paulo ficava sem saída de bola para o ataque. A pressão do Grêmio quase recebeu a ajuda de Rogério Ceni para se transformar em gol. O goleiro falhou dando rebote para o meio da área num chute de Elano e também quando se adiantou demais para uma cobrança de falta do mesmo meia.

Quando a bola não chegou até Rogério, ela parou na trave aos 21 minutos. Pará cruzou da direita e Elano pegou de primeira. O meia teria outra boa chance numa falta boba cometida por Lúcio a um passo da grande área, mas mandou por cima do travessão.

A entrada de Maicon, pelo lado do São Paulo, no lugar de Aloísio fez o time visitante equilibrar as ações no meio e segurar o Grêmio. Pouco antes o São Paulo perdeu a única chance que criou no segundo tempo inteiro.

Douglas tocou para Juan na área, mas o lateral-esquerdo tropeçou na própria perna e chutou para longe. A poucos minutos para o final, Kleber aproveitou desvio após cobrança de escanteio e empatou o jogo, para alívio gremista.

Os outros jogos de ontem:

Santos 1 x 0 Atlético-MG – rodada 5
Grêmio 1 x 1 São Paulo – rodada 5
Portuguesa 2 x 1 Fluminense – rodada 2

(Com Estadão Conteúdo) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.