Amazonense Gabriel Moraes conquista ouro do peso pluma no mundial de Jiu-Jítsu da Califórnia

Mais um atleta apoiado pelo Governo do Amazonas alcançou a glória na “arte suave”. Desta vez foi o faixa preta Gabriel Moraes, que neste domingo, 2 de junho, fez história ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu da Califórnia, nos Estados Unidos.

Ele recebeu a passagem área para a competição da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

Em tempos modernos, ele mandou seus agradecimentos na rede social Facebook. “Estou sem palavras pelo presente que Deus me deu. Que toda honra e toda glória seja dada a Ele”, disse Gabriel Moraes, sem esquecer-se de seus apoiadores. “Muito obrigado, secretária Alessandra Campêlo e secretário Anderson Souza, pelo incentivo dado pela Sejel”.

O lutador da equipe Monteiro/Checkmat venceu o também amazonense Ary Farias (Athos) na grande final dos pesos pluma.

Segundo a transmissão on line do Portal Terra, a decisão que deu o título a Gabrielzinho foi controversa. Ary Farias ficaria com a medalha de ouro ao vencer Gabriel Moraes nas vantagens (3 a 2), porém, em uma decisão polêmica, o atleta foi desclassificado por comemorar de forma desrespeitosa, além de deixar a área de luta antes de ser anunciado como vencedor. Com a decisão, Gabrielzinho ficou com a medalha de ouro.

PARCERIA VITORIOSA

A passagem de Gabriel Moraes aos Estados Unidos foi obtida por meio do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (CTARA), o programa de excelência esportiva do Governo do Amazonas, com execução da Sejel. Participam da parceria também a Federação de Jiu-Jítsu do Amazonas (FJJ-AM) e a Prefeitura de Manaus, via Semdej.

(Sejel) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.