Amazonas articula parcerias para o setor naval, ciência e tecnologia e sustentabilidade com o governo holandês

Manaus – O vice-governador do Amazonas, José Melo, recebeu na tarde desta quinta-feira, 23 de maio, o embaixador do Reino dos Países Baixos, KeesRade, e o adido para Assuntos Econômicos e Comerciais da Embaixada Holandesa, Jorgen Leeuwestei.

O encontro, na sede do Governo Estadual, na Compensa, zona oeste, tratou de parcerias entre o governo estadual e o governo Holandes, que revelou interesse no setor naval e em projetos de ciência e tecnologia e sustentabilidade.

Participaram da reunião o secretario executivo estadual de Planejamento, Ronney Peixoto, e da secretária adjunta de Relações Internacionais da Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan), Juliane Melo. O interesse da Holanda nessas três áreas, segundo KeesRade, está sendo vislumbrado desde 2011. “Acho que o Estado do Amazonas tem potencial muito grande, principalmente no setor naval e na produção de ciência e tecnologia. A sustentabilidade é uma área não só de interesse da Holanda, mas da Europa como um todo, que tem admiração pela floresta intacta existente nesse continente”, disse.

Ainda sobre os investimentos no setor naval, o governo holandês vem fazendo articulações com o Governo do Amazonas no sentido de instalar aqui o modelo dos grandes países para potencializar a capacidade logística do Estado, que foi uma deficiência sinalizada pelo Governo do Estado. “Podemos trazer empresas não só na área de construção de portos, mas também para a construção de grandes embarcações”, acrescentou o embaixador.

De acordo com o vice-governador, José Melo, potencializar a capacidade logística do Estado também é um interesse do Governo Estadual. Melo autorizou que a Seplan repassasse informações sobre o projeto de instalação de um polo naval no Amazonas. “Acho importante que um país com a expertise portuária como a Holanda venha nos procurar com a proposta de investimentos. É disso que o Amazonas precisa”, pontuou.

Ciência e tecnologia – Uma das propostas de destaque na reunião é o interesse da Holanda em instalar um núcleo de pesquisa científica no Amazonas. Em contrapartida a essa intenção do governo holandês, Melo destacou a Cidade Universitária da UEA como espaço para o intercâmbio. “A Cidade Universitária é o par perfeito.

Lá teremos um espaço exclusivo para instituições de ensino e pesquisa de outros países”, frisou.

(Agecom) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.