ALEAM discute temas que envolvem Campanha da Fraternidade

Amazonianarede – Aleam

Manaus – A Campanha da Fraternidade (CF) 2013 que tem como tema “Fraternidade e Juventude” e como lema “Eis-me Aqui, Envia-me” foi tema de Audiência Pública realizada na manhã desta segunda-feira (25), na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM). De autoria do deputado estadual, José Ricardo (PT), o evento contou com a participação do novo Arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani e autoridades eclesiásticas.

Os problemas que envolvem a juventude como falta de políticas públicas efetivas e específicas, assim como a precária estrutura existente para atuar na prevenção junto às famílias, aos adolescentes e aos jovens, foram temas discutidos pelos participantes, em sua maioria jovem. Foi defendida ainda políticas mais efetivas, por parte do governo do Estado, com relação a álcool e direção, que não combinam, e assistência básica nas áreas de saúde e educação.

Além dos deputados estaduais Conceição Sampaio (PP), que abriu os trabalhos, Luiz Castro (PPS), o deputado federal Francisco Praciano (PT), o subsecretário Municipal de Esporte, Lazer e Juventude, Rodrigo Guedes, se fizeram presentes o coordenador da Pastoral da Criança, Deusimar de Ataide, o também da Pastoral, Ednei Mendonça, o presidente do DCE-Ufam, Aldemir de Carvalho, o vice-diretor do Colégio Dom Bosco, padre Cânio Grinaldi, a representante da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil, irmã Alzira Fritzen, e outros.

Francisco Praciano disse que a Campanha da Fraternidade é importante para esclarecer os jovens a tomarem consciência de seus direitos no sentido de pleitear políticas públicas. O parlamentar disse que a situação dos jovens no interior de todos os municípios deste país é grave. “Com a falta de políticas efetivas ficam a mercê de drogas como oxi, crack e cocaína”, mencionou, ressaltando que a situação é mais complicada onde há maior demanda de jovens desempregados, que ficam ociosos, sem perspectiva de futuro.

O deputado estadual Luiz Castro, lamentou o quadro de violência explicita no meio dos jovens, que cresceu substancialmente nos últimos dez anos, a violência sexual contra crianças, inclusive a oculta nos lares que está começando a aparecer – como os crimes de pedofilia-, assim também como a violência da propaganda na TV induzindo as crianças desde cedo a consumir produtos. “São muitas as ameaças contra as nossas crianças e jovens”, lamentou.

A Jornada da Juventude, que vai acontecer neste ano, no Rio de janeiro, será na opinião de Luiz Castro, um momento ímpar para os jovens católicos se congregarem e se unirem em oração. “Os Amazonenses também vão poder dar sua contribuição nesse processo” disse o deputado.

Perigos iminentes

O subsecretário Rodrigo Guedes, elogiou a campanha, afirmando que será importante para alertar os jovens sobre os vários perigos que os rodeiam, inclusive a droga. Ele falou das iniciativas consolidadas e a retomada de projetos, realizados pela prefeitura de Manaus que estavam parados, como o Segundo Tempo, que objetiva democratizar o acesso à prática e à cultura do Esporte de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida.

Na opinião de Guedes, o poder público federal, estadual e municipal, está avançando na temática da juventude. Ele informou que o prefeito de Manaus, Artur Neto, está aberto ao tema. “Na secretaria estamos esperando que venham nos procurar, inclusive estamos atendendo diariamente grupos com projetos e ideias”, informou, ressaltando que o cronograma para as atividades da secretaria é vasto, incluindo metas de inclusão, a exemplo do programa o “Aluno Digital”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.