Ainda pode piorar: Seleção a um gol de ser a defesa brasileira mais vazada da história

11-07golTeresópolis (RJ) – Com 11 gols sofridos em seis jogos até agora, o escrete canarinho se igualou à equipe de 1938, cuja média é pior.
No Brasil, não se costuma valorizar nada menos que o título, mas é bom a Seleção Brasileira se mobilizar para a disputa do terceiro lugar da Copa do Mundo, contra a Holanda, amanhã, em Brasília. Caso contrário, correrá o risco de amargar novas marcas negativas na história do torneio.

A principal delas é de defesa mais vazada. Com 11 gols sofridos em seis jogos até agora, o escrete canarinho se igualou à equipe de 1938, cuja média é pior. Além disso, pode ficar marcada como a defesa que tomou o 100º gol em mundiais — com os sete diante dos alemães, soma 99 em 20 participações.

O vexame contra a equipe germânica, inclusive, fez crescer bastante a média de gols sofridos pelo Brasil no maior torneio do futebol. Antes, as redes verde-amarelas haviam sido balançadas 92 vezes em 105 partidas, média de 0,87 por jogo. Agora, são 99 gols em 106, que fizeram a média subir para 0,93.

Para manter a defesa com algum respeito, o técnico Luiz Felipe Scolari contará com a volta do zagueiro Thiago Silva. Capitão da equipe, ele é importante não só pela qualidade técnica, mas também pela orientação aos companheiros.

Como recebeu o segundo cartão amarelo contra a Colômbia, cumpriu suspensão diante da Alemanha e volta agora para tentar botar ordem na casa. A missão, porém, não é das mais fáceis, pois além da defesa, a marcação do Brasil tem se mostrado frouxa no meio-campo. O camisa 3 deve voltar a atuar ao lado de David Luiz, que costuma se sair bem melhor quando tem o colega ao lado.

Neste Mundial, o Brasil só não sofreu gol contra o México, pela segunda rodada da fase de grupo, quando ficou no 0 x 0. Mesmo diante de equipes fracas e que já estavam eliminadas, caso de Camarões, não conseguiu passar sem ter a meta vazada, uma situação complicada para um time tem justamente os dois zagueiros mais caros do mundo. Além disso, um dos reservas, Dante, já ganhou prêmios como o melhor zagueiro da Alemanha.

Isso prova que é preciso melhorar a marcação no meio-campo. Luiz Gustavo faz bem o trabalho de proteção da zaga, mas precisa de ajuda. Se Scolari mantiver o esquema com três atacantes, a defesa continuará vulnerável, independentemente de o outro volante ser Paulinho, Fernandinho, Hernanes ou Ramires, principalmente diante de adversários perigosos, como os holandeses Robben, Van Persie e Sneijder.

R$ 48 milhões

Valor da premiação paga pela Fifa ao terceiro colocado na Copa do Mundo. A CBF não confirma, mas o montante deve ser repassado aos integrantes da Seleção Brasileira em caso de vitória sobre a Holanda.

Fonte: Correio Web

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.