Águas de balneários e praias do Amapá passarão por análise

Macapá – O Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (Imap) está promovendo no período de 15 de junho até o final de julho, em Macapá e mais três municípios do Estado, o projeto Águas Claras.

A ação visa promover o levantamento da balneabilidade das águas dos principais balneários do Amapá como Curiaú, Araxá, Santa Inês e Perpétuo Socorro, em Macapá; balneário e orla de Porto Grande; orla do município de Ferreira Gomes; e Anauerapucu, em Mazagão.

Já foram realizadas cinco campanhas, seguindo a Resolução nº 274, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), que classifica a água como própria ou imprópria para banho, que avaliou o índice de contaminação da água, por coliformes termotolerantes (coliformes fecais e Escherichia Coli).

De acordo com os resultados das cinco primeiras campanhas apresentadas pelo Imap, todos os balneários avaliados estavam próprios para banho. A identificação dos locais é feita pelo instituto por meio de placas, que são fixadas nos locais.

Segundo a gerente de Monitoramento do Imap, Tatiana Costa, durante todo o mês de julho, novas análises deverão ser realizadas pelo órgão, a fim de averiguar possíveis alterações quanto aos níveis de contaminação das águas que poderão apresentar resultados impróprios ao longo do monitoramento.

(Jornal Extra AP) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.