Acre: Trabalhadores em educação vão parar a partir de terça

Rio Branco – Trabalhadores da Educação de todo o Estado anunciaram que vão entrar em greve a partir da próxima semana. Após uma extensa reunião com a equipe de negociação do governo na última quarta-feira, as principais reivindicações apresentadas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac) e do Sindicato dos Professores Licenciados do Acre (Sinplac) não foram atendidas.

João Sandim, presidente do Sinteac, explicou quais as propostas não foram atendidas. “No que diz respeito à pauta principal, que apresentamos no dia 22 de abril para o governo, nada foi feito. Nós queríamos o aumento de 15% referente à inflação de 2011/2012 mais ganho real, isonomia salarial dos professores de contrato provisório e efetivo, reformulação da carreira e criação da carreira e piso para os funcionários de escolas, mas foi dada uma negativa. Eles alegam que não há possibilidades de implementar essas políticas neste ano e que mantem a palavra que foi dada pelo secretário de fazenda. Só a partir de novembro poderá ser discutido toda e qualquer pauta que onera a folha de pagamento do Estado”.

Da pauta apresentada, apenas alguns pontos específicos estão garantidos. “Concurso público a partir do segundo semestre, ampliação no número de vagas para o curso do Pró-Funcionário, criação de uma comissão que vai tratar diretamente da questão da saúde do trabalhador em educação foi apenas o que eles garantiram”, disse o sindicalista.

O movimento sindical irá convocar a base para uma greve por tempo indeterminado. “A prefeitura não apresentou nada de concreto, não fez nenhuma reunião. Percebemos que eles estão tratando com descaso a situação da data base dos trabalhadores. Como já foi dado vários prazos tanto para o Estado quanto para a prefeitura, acreditamos que a partir de segunda-feira iremos realizar uma greve dentro da legalidade, mobilizando todos os municípios”.

(A Gazeta do Acre) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.