Acre: mais de 2,5 mil tanques de piscicultura já foram construídos

Israel Pereira da Silva levava vida de assalariado até mudar de rumo e apostar na produção agrícola familiar. Em pouco tempo estava produzindo mil quilos de goma de macaxeira por semana. Com o incentivo da Secretaria de Produção (Seaprof), o produtor agora passa a integrar a cadeia da piscicultura.

Ele foi contemplado com a construção de tanques de piscicultura. A ação faz parte do programa de piscicultura do Acre, criado para incentivar a atividade e fortalecer a produção do peixe, alimentando o complexo industrial que está em construção em Rio Branco.

“Estamos visitando 13 tanques de piscicultura feitos pela Seaprof na região do Polo Benfica, que pertence a Rio Branco. Este produtor já fatura R$ 2,5 mil por semana com a renda da goma da macaxeira, e agora vai agregar também a atividade do peixe, de onde ele pode tirar até R$ 24 mil por ano em cada açude. Essa é a formação de um cinturão verde ao redor da capital, com alta produtividade e melhoria de renda para os trabalhadores”, disse o governador Tião Viana.

A ideia, segundo o secretário de Produção, Lourival Marques, é consolidar a produção na região do Benfica, dando oportunidade para vários produtores rurais entrarem no programa de piscicultura. Já temos mais de 2,5 mil tanques construídos em todo o Estado, e até o fim do próximo ano vamos atingir a meta de cinco mil tanques construídos”, explicou.

(Agência Acre) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.