Acre: Brasileia comemorou 103 anos de fundação

Localizada a 220 quilômetros de Rio Branco, fronteira com a Bolívia, Brasileia comemorou nesta quarta-feira, 3, seu aniversário de 103 anos de emancipação política. A comemoração aconteceu num momento chave para a cidade, que recebe novos investimentos do governo do Estado para mudar sua infraestrutura e ganhar novas possibilidades para a economia local.

Brasileia originou-se sobre uma pequena faixa de terra do antigo Seringal Carmen, onde foi fundada em 1910, com o nome de Brasília. Brasília foi criada por homens da classe dominante da sociedade acreana da época, seringalistas e autoridades constituídas, que habitavam no Alto Acre, vinculados à exportação de borracha para Belém e Manaus. Alçada à condição de município em 1938, Brasília passou a se chamar Brasileia em 1943. O novo nome derivou da união das palavras Brasil (Bras) e Hileia (floresta amazônica).

Brasileia é a cidade do líder seringueiro Wilson Pinheiro, que junto com Chico Mendes comandaram a luta dos povos da floresta. E além da importância pela fronteira com a zona franca boliviana de Cobija, que atrai centenas de turistas e negociantes, está localizada na BR-317, corredor para o Peru, o que pode gerar várias oportunidades de negócio através da integração. A cidade também tem importantes fábricas e negócios rurais que abastecem todo o mercado da região, inclusive a capital, como as agroindústrias Acre Aves e Dom Porquito.

A cidade também é muito famosa por seu carnaval fora de época, que acontece junto às comemorações do aniversário da cidade e mobiliza muitos turistas, inclusive da Bolívia.

(Agência Acre)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.