Zona Oeste comemora redução de 13% da violência em um ano do “Ronda no Bairro”

(Foto: Alfredo Fernandes – Agecom)

Uma ação de cidadania marcou a comemoração de um ano do Ronda no Bairro na zona oeste de Manaus, neste final de semana. Desde a implantação do programa do Governo do Amazonas, os índices de criminalidade caíram na área.

Nos primeiros seis meses deste ano, a redução média foi de 13% na comparação com o mesmo período do ano passado.
A zona oeste de Manaus tem uma população estimada em 250 mil habitantes. Segundo números da Secretaria de Segurança Pública, as maiores reduções foram nos casos de tentativa de homicídio, com queda de 32%, homicídio, redução de 23%, furtos, com diminuição de 20%. Também houve redução nos casos de roubos, com queda de 17%, e em situações de lesão corporal, retração de 14%.

Para festejar o primeiro ano do Ronda no Bairro, um dia de cidadania com atendimentos médicos, de beleza e emissão de documentos foi oferecido aos moradores da área na Escola Estadual Marques de Santa Cruz, localizada no bairro do São Raimundo.

Moradora do bairro da Compensa 2, a auxiliar de serviços gerais, Elrides Ribeiro, 54, compareceu ao evento, que contou com apresentação da banda da Polícia Militar e atividades artísticas realizadas pelos alunos do colégio. Para a dona de casa, participar do evento é comemorar os benefícios que o programa gerou para a população. Em seu bairro, a principal mudança foi na redução dos casos de roubo, disse. “A tranquilidade é maior com a presença constante de policiamento”, resumiu.

A doméstica Alexandra Ramos, 27, foi ao evento com as duas filhas pequenas. Aproveitou a ocasião para levar as meninas para uma avaliação dentária. A moradora do São Raimundo disse que o bairro mudou desde a chegada do reforço policial.

Antes, os moradores viviam amedrontados com os casos de assalto e o tráfico de drogas, mas a prisão de envolvidos nos crimes trouxe alívio. “Hoje nós temos mais segurança. Andamos nas ruas mais tranquilos. Antes não. Todo mundo andava com medo”, lembrou.

O subcomandante da Polícia Militar, Coronel Moisés Cardoso, ressalta que a redução dos indicadores de violência e o aumento da produtividade policial expressam também a boa aceitação do programa junto à comunidade. “Tem sido um sucesso na redução da criminalidade em todos os indicadores, mas principalmente com um indicador fundamental que é a satisfação da sociedade. A interação da polícia com a comunidade, que é o grande termômetro do programa. Por mais que a gente consiga reduzir, de nada adiantaria se a população não reduzisse o medo e a sensação de insegurança. Esse evento que está sendo realizado hoje vai nesse caminho”.

Ronda na capital e no interior – De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, coronel Paulo Roberto Vital, em toda a capital os indicadores seguem em queda, com redução oscilando em torno de 30%. A expectativa do Governo do Estado é levar o programa para mais 12 municípios do interior até janeiro, conforme determinação do governador Omar Aziz.

Os estudos de geoprocessamento para identificação das demandas de segurança pública, considerado o pontapé para a instalação do programa, já foi desenvolvido com o levantamento espacial e populacional e a divisão das áreas e demandas das cidades. A qualificação dos policiais lotados nas cidades está acontecendo. Mais policiais serão lotados nos municípios, entre os 600 convocados na lista de cadastro de reserva do último concurso da PM. O programa de reforço no policiamento e segurança comunitária vai alcançar as cidades de Iranduba, Manacapuru, Coari, Tefé, Tabatinga, Itacoatiara, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Humaitá, Eirunepé, Lábrea e Boca do Acre.

“Estamos na fase de capacitação de recursos humanos nesses municípios e em cumprimento a determinação do governador Omar Aziz. O objetivo é implantar até o fim do ano ou que, no mais tardar em janeiro, esses municípios estejam com o Ronda no Bairro implantado”, pontuou Vital.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.