Vereadores conhecem detalhes sobre o VLP que poderá operar em Manaus

Manaus – Num encontro mantido com a Comissão de Transportes, Viação e Obras Públicas da Câmara Municipal de Manaus, Pedro Carvalho, presidente da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), mostrou aos membros da Comissão dados sobre o futuro sistema de transporte coletivo na capital, conhecido como VLP (Veículo Leve sobre Pneus).

Carvalho frisou que o veículo possui capacidade de transportar cerca de 500 passageiros, ecologicamente correto, não poluente, seu funcionamento e a energia elétrica e sua velocidade média pode atingir mais de 70km.

O presidente da EMTU disse que o sistema está em estudo pela Prefeitura de Manaus e deixou claro, após a finalização dos estudos que estão sendo feitos, que esse poderá ser o novo sistema de transporte de massa na capital amazonense e não se arriscou a falar sobre o prazo para a futura implantação.

Para o presidente da Comissão de Transporte da Câmara, vereador Rosivaldo Cordovil, a visita do superintendente foi bem vinda pelos vereadores que se mostraram interessados em conhecer esse sistema. “A comissão de transporte da Câmara, solicitou uma audiência pública com o superintendente para ele poder explicar com maior riquezas de detalhes aos vereadores e a população as vantagens que possui o VLP’’ destacou o vereador.

Hábito

Pedro Carvalho fez questão de enfatizar os trabalhos de melhorias no transporte público que está sendo feito pela prefeitura de Manaus e pede a população que se crie um hábito de utilizar os cartões Passafácil, e a integração temporal, assim evitaríamos o problema do troco e os problemas gerados pelos terminais de integração.

Nesse sentido do sistema de bilhetagem eletrônica o vereador Rosivaldo Cordovil protocolou uma indicação ao prefeito Arthur Neto (PSDB), da criação do bilhete eletrônico avulso, que é uma modalidade de pagamento eletrônico do transporte, que pode ser adquirido por qualquer pessoa, sem necessidade de cadastro.

Seu uso é imediato nos ônibus. Para o vereador a população só tem a ganhar com a bilhetagem avulsa. “Com ela podemos evitar o problema do troco que ocorre nos ônibus e ainda o usuário poderá usufruir do sistema de integração sem a necessidade de ir ao terminal para trocar de ônibus e isto não ocorre com o pagamento em dinheiro, com a bilhetagem avulsa pretendemos diminuir a circulação de dinheiro nos transportes coletivos de Manaus e criar um hábito da população de usar a bilhetagem eletrônica.’’ Explicou o vereador.(Amazonianarede – CMM)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.