Travestis e transexuais realizam ato em Belém

Amazonianarede – DOL

Belém – O Grupo de Resistência de Travestis e Transexuais da Amazônia (Gretta) realiza uma manifestação em Belém, para marcar o Dia da Visibilidade Trans nesta terça-feira (29). Vestidos de preto, os participantes do ato se concentraram na avenida Presidente Vargas, em frente ao Banco do Brasil, e seguem em direção à Assembleia Legislativa do Pará.

A partir das 18h de hoje, a Coordenação de Livre Orientação Sexual (Clos) da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) também realizará um ato em parceria com o Centro de Referência em Direitos Humanos, Polícia Civil e Polícia Militar. O projeto “Ponto de Paz” será constituída de entrega de cartilha sobre os direitos de travestis e transexuais e terá como ponto de partida a avenida Benjamin Constant, entre 28 de Setembro e Gaspar Vianna, em frente à Fábrica Esperança.

A ação terá a presença de Policiais Militares e Civis capacitados, integrantes do Gretta, movimento social, psicólogos e assistentes sociais do Centro de Referência em Direitos Humanos, além da Delegada Christiane Lobato e do Secretário de Justiça, José Acreano Brasil Jr.

COMO SURGIU

No dia 29 de janeiro de 2004, o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional “Travesti e Respeito”, desta forma também surgiu o Dia da Visibilidade Trans, com a presença de representantes da Articulação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) no Congresso Nacional, em Brasília. A partir da campanha, todas as organizações afiliadas a Antra saíram às ruas para comemorar a data e reivindicar seus direitos. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.