Tite anuncia hoje a tarde a seleção da Copa na Rússia

Tite já tem muitas certezas conhecidas em sua lista, mas ainda pode surpreender

Rio – O suspense em relação aos 23 jogadores que defenderão a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia será desfeito nesta segunda-feira. A partir das 14 horas (de Brasília), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o técnico Tite começará a ler os nomes dos atletas em quem confiou para contornar o vexame do último Mundial.

Alguns deles já são conhecidos, porque figuram constantemente nas relações de Tite, que gosta de elogiá-los em público e projetar o Brasil com eles na Copa. São os casos do goleiro Alisson, do lateral esquerdo Marcelo, dos zagueiros Miranda, Marquinhos e Thiago Silva, dos volantes Casemiro, Fernandinho e Paulinho, dos meias Renato Augusto, Philippe Coutinho e Willian e dos atacantes Neymar, Gabriel Jesus e Roberto Firmino.

A contagem dos garantidos na missão de buscar o hexacampeonato mundial seria maior se o lateral direito Daniel Alves não tivesse contundido o joelho direito na decisão da Copa da França. Homem de confiança de Tite, o jogador do Paris Saint-Germain passou a correr o risco de ser submetido a uma cirurgia às vésperas do torneio da Fifa e já está vetado, o que abriu espaço para uma novidade na sua posição.

Lateral direita

A lateral direita já havia causado preocupação em Tite por conta de Fagner, que lesionou a coxa direita a serviço do Corinthians recentemente, aumentando as chances de Danilo, do Manchester City, ser convocado. Com a ausência de Daniel Alves, até o veterano Rafinha, do Bayern de Munique, passou a alimentar esperanças de acrescentar uma participação em Copa do Mundo ao seu currículo.

Para o outro lado do campo, Tite já havia ficado apreensivo com a lesão de Filipe Luís, recém-recuperado de uma cirurgia para correção de fratura na fíbula da perna esquerda.

O atleta voltou a defender o Atlético de Madrid em 6 de maio e ganhou fôlego na disputa que trava com Alex Sandro, da Juventus, para ser o reserva de Marcelo na Rússia.

Completando a defesa brasileira, as dúvidas se estendem ao gol e à zaga, mesmo sem problemas clínicos. Cássio, do Corinthians, e Neto, do Valencia, querem fazer companhia a Alisson e Ederson na Copa.

Já o gremista Geromel, mesmo tendo sido convocado menos vezes do que Rodrigo Caio, do São Paulo, e Gil, do chinês Shandong Luneng, tem possibilidades consideráveis de ser o escolhido para fazer sombra a Miranda, Marquinhos e Thiago Silva. Jemerson, do Monaco, corre  por fora.

Meio campo

O meio-campo, no entanto, é o setor mais propenso a apresentar uma surpresa na relação de Tite. Entre os postulantes a um lugar na lista, quem ganhou espaço nos últimos amistosos foi Fred, do Shakhtar Donetsk, e Anderson Talisca, do Besiktas. Giuliano, do Fenerbahce, tem a seu favor o fato de ser um velho conhecido do treinador, enquanto Arthur, do Grêmio, leva desvantagem por ter ficado bastante tempo parado, em tratamento.

Tite já deu mostras de que gostaria de contar com mais um armador no seu plantel, o que entusiasma um trio que atua no futebol brasileiro. Rodriguinho, do Corinthians, Diego, do Flamengo, e Lucas Lima, do Palmeiras, ainda sonham com um chamado, cientes de que a concorrência é acirrada.

Armadores

O problema dos armadores é maior porque Tite poderá abrir mão de um deles para ter mais um atacante de referência, como Willian José, da Real Sociedad, convocado para os amistosos contra Rússia e Alemanha.

Nesses jogos, quem realmente conseguiu chamar a atenção foi Douglas Costa, da Juventus, que seria uma opção para tentar amenizar uma eventual perda do astro Neymar – em fase final de reabilitação da operação para corrigir uma fratura no quinto metatarso do pé direito. Taison, do Shakhtar, é outro que depende do seu passado com o técnico para ser lembrado mais uma vez.

Após o anúncio dos 23 convocados, a Seleção Brasileira iniciará a sua preparação para a estreia na Copa do Mundo com uma semana de treinos em Teresópolis, entre os dias 21 e 27 de maio.

De lá, a delegação seguirá para a Inglaterra, onde fará amistoso contra a Croácia em 3 de junho. O último teste antes do Mundial será diante da Áustria, em Viena, no dia 10. No grupo E da principal competição do planeta, o Brasil de Tite enfrentará Suíça, Costa Rica e Sérvia.

Amazoninarede-Gazeta Esportiva

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.