Projeto Vidativa, do Governo do Estado, leva cidadania à zona norte de Manaus

Manaus – Aproximadamente 4 mil pessoas foram beneficiadas pela terceira edição da Ação Psicossocial, coordenada pelo projeto Vidativa, do Governo do Amazonas, com execução da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

O evento aconteceu nesta sexta-feira, 24 de maio, na sede do Grupo de Pessoas Idosas Sempre Jovem, localizado na rua 81, quadra 1, nº 81, bairro Amazonino Mendes, zona norte de Manaus.

“Segundo a Polícia Militar, 4 mil pessoas participaram da programação. Através do Vidativa, o Governo do Amazonas mais uma vez ofereceu à comunidade uma grande ação de cidadania numa área que realmente precisa dos serviços públicos”, comentou Lilia Albuquerque, coordenadora do Projeto Vidativa, destacando o seguinte que foi surpreendente a procura por emissões de Carteira de Trabalho e Certidão de Nascimento.

Durante a programação, os moradores da zona norte foram beneficiados com serviços como emissão de documentos, inscrições para o programa Bolsa Família e Seguro Desemprego, orientações jurídicas, atendimento médico, vacinação, serviços de beleza e oficinas de fantoche. Além disso, os moradores da área tiveram acesso a ações de esporte e lazer.

Vidativa – Implantado em 2006, fruto de uma parceira entre a Sejel e o Conselho Estadual do Idoso (CEI), o Vidativa promove ações que atendam às necessidades de pessoas maiores de 45 anos, proporcionando a prática do esporte e lazer. O Vidativa é composto por 45 grupos de idosos em Manaus. No interior, ele se faz presente em Iranduba (comunidades de Paricatuba e Cacau Pirêra), Manacapuru, Novo Airão, Rio Preto da Eva e Presidente Figueiredo. Atende atualmente cerca de 5.000 idosos (capital e interior).

(Agecom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.