Projeto Energia + irá modernizar sistema elétrico do Acre

Com o objetivo de otimizar os desempenhos operacionais financeiros e de gestão das distribuidoras de energia do Acre, Amazonas, Alagoas, Piauí, Rondônia e Roraima, a Eletrobras, em parceria com o Banco Mundial, está investindo R$ 1,4 bilhão no desenvolvimento do Projeto Energia +.

O projeto pretende proporcionar maior agilidade, segurança e eficiência no serviço de distribuição de energia elétrica para os consumidores, explicou o diretor-presidente da Eletrobras/Distribuição Acre Celso Mateus. “Esse investimento será aplicado na modernização das redes de distribuição, aplicação de materiais tecnológicos atualizados, automação dos sistemas, construção e reforma de redes de distribuição. A qualidade e a continuidade do fornecimento de energia irá melhorar significativamente”.

Dos investimentos, R$ 113 milhões serão destinados ao Acre. “Vamos substituir 17 mil medidores antigos por modernos e eletrônicos e instalar 200 religadores. Selecionamos os mais antigos, que tem prioridades. O benefício imediato é a melhoria da continuidade e qualidade de energia elétrica. A redução de custos operacionais vai passar para a tarifa em situações futuras. Quando reduz as despesas, há uma redução tarifária, além de promover o equilíbrio financeiro da concessão”.

A previsão é que o programa seja executado nos próximos três anos. “O levantamento foi minucioso e vai abordar as cargas maiores. Ninguém vai ser prejudicado. Todos os consumidores serão beneficiados a partir do momento da redução dos custos operacionais, através da modernização do sistema, resultando numa tarifa menor. Quando ocorrer a substituição, os consumidores serão avisados”.

Nesse projeto, a Eletrobrás também irá aplicar 10 milhões de dólares na construção do Centro de Excelência em Energia, em conjunto com a Universidade Federal do Acre (Ufac). “O prédio já está em construção e é muito importante para a sociedade acreana e região. O objetivo é capacitar técnicos na área de eletricidade. As obras dos prédios e laboratórios já iniciaram no campus da Ufac e as expectativas que até o final do ano inicie o funcionamento”, concluiu Celso.

(A Gazeta do Acre) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.