Prefeitura de Manaus inicia reforma do Terminal 5, na zona Leste

Após dez anos de espera, os usuários do Terminal 5, localizado ao lado doComplexo Viário Engenheiro Luiz Augusto Veiga Soares no São José, zona leste, terão um espaço totalmente revitalizado.

A prefeitura de Manaus começou a reforma nesta terça-feira, 2, com a implantação do canteiro de obras da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). O prefeito esteve no local conversando com usuários e vendo de perto o início dos trabalhos.

No total, a reforma do Terminal 5 custará ao município o valor de R$ 2.131.000,00 e tem o prazo de seis meses para sua conclusão.

O prefeito Arthur Virgílio Neto destacou que a reforma dá início à recuperação do sistema viário do transporte coletivo, tão pedida pelos usuários e tema de campanha. Ele disse, também, que nos próximos dez dias os terminais 3, localizado na Cidade Nova, e o 4. no bairro Jorge Teixeira, também terão o processo de reforma iniciado.

“A obra será completa e ao final teremos um novo terminal. O valor é considerado baixo em relação aos inúmeros benefícios que trará a população da zona leste”, enfatizou.

A obra de reforma do Terminal 5 será realizada por etapas para diminuir os transtornos a população. Já os terminais 1, da Constantino Nery e o 2, da Cachoeirinha devem ser desativados até o final do ano.

Novas paradas

Além das reformas dos terminais, Arthur revelou que no próximo dia 11 será licitado a construção de 200 abrigos, sendo que 100 devem ser construídos ainda este semestre. Ele citou também os reparos que devem ser feitos em cercas de 500 paradas de ônibus.

“Temos quase 500 paradas de ônibus que nem podem ser consideradas meras paradas. Essas vamos ter que fazer adaptações para transformá-las em abrigos”, disse Arthur, ao explicar que 23 plataformas do sistema Bus Rapid System (BRS) também devem ser construídas ainda neste semestre.

Arthur afirmou que o BRS contará com pistas exclusivas para ônibus bem concretadas, o que traz um sistema muito mais ágil e consequentemente mais rápido. “Dessa forma vamos aumentar a velocidade média dos ônibus, para que façam mais viagens, com mais velocidade, rentabilidade para as empresas e portanto com mais perspectivas de tarifas mais em conta para a população”, finalizou.

Texto: Ulysses Marcondes
Foto: Arleson Sicsu 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.