Polícia prende dois suspeitos de homicídios na Zona Oeste de Manaus

Manaus – A ação policial foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (3) por Policiais Civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), coordenados pelos Delegados Samir Freire, Rafael Correia e Antônio Rondon.

Este último Delegado Titular da unidade policial. Eles prenderam Vanderson de Oliveira Castelo, 26, vulgo “Vandinho” na rua Álvaro Maia, bairro Alvorada 1, e Paulo Maurício de Souza, 26, vulgo “Paulinho” no beco São Francisco, bairro Redenção, ambos na Zona Oeste de Manaus.

Vanderson é suspeito de ter executado Paulo César de Oliveira no dia 31 de julho do ano passado, no Dom Pedro. O crime aconteceu porque Paulo seria amante da mulher de Vanderson. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz da 3ª Vara Criminal do Júri, Mauro Antony. Na casa de Vanderson foram encontradas mais de trinta trouxinhas com substâncias entorpecentes. Ele foi autuado por homicídio e tráfico de drogas.

Paulo é suspeito de envolvimento na execução, junto com outro homem conhecido como “Luquinhas”, que já está preso, de Jonathan no dia 28 de agosto do ano passado em uma lan house. O motivo da execução foi pelo fato de Jonathan ter executado um membro da facção de Paulo conhecido como Pedrinho, vulgo “Maskote”. No dia da execução de Pedrinho, Paulo teria disparado tiros contra a polícia enquanto era realizado os trabalhos periciais.

Além de ter participado dessa execução, Paulinho é suspeito de ter executado Alisson Luiz no dia 28 de dezembro do ano passado, no bairro da Paz. Na residência dele foram encontradas mais de 90 trouxinhas de substância entorpecente, um revólver calibre 38, munições e dinheiro.

Segundo as investigações, o chefe do grupo que Paulo faz parte seria coordenado por Thiago, conhecido como “Alemão”, que é sobrinho de “Zé Roberto”.

Além do cumprimento de mandados, ele será autuado por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Os dois serão encaminhados para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.(Ascom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.