Polícia Civil prende dois dos envolvidos em assalto ao Centro Universitário Nilton Lins

Manaus – Policiais Civis da Seccional Centro-sul e do 12º Distrito Intergrado de Polícia (DIP) prenderam Alan Baraúna Ferreira, 22, e Bruno Kênio Teixeira Lobo, 23, na madrugada de sábado, (4), quando retornavam do município de Itacoatiara, distante 176 quilômetros em linha reta de Manaus, em cumprimento de mandado expedido pelo juiz Luiz Alberto Nascimento Albuquerque.

Eles são suspeitos de envolvimento no assaltou que ocorreu no último dia 29 de abril o Centro Universitário Nilton Lins, localizado no Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul da cidade, de onde teriam levado R$ 43 mil em espécie do setor financeiro.

De acordo com as investigações, dois homens, que aparecem nas imagens registradas pelas câmeras do circuito interno de segurança do Centro Universitário, integrantes da quadrilha que praticou o roubo no local, continuam foragidos. Danilo Moraes, aluno do curso de Administração da instituição, e Pablo Alberto Nascimento Vasconcelos, que dirigiu o veículo utilizado na ação, um automóvel modelo Kadett de cor branca da montadora Chevrolet.

Com os presos foi apreendido um celular que contém imagens e vídeos da divisão da quantia roubada e passeio de lancha custeado com o dinheiro obtido ilicitamente. “As imagens capturadas pelas câmeras da instituição ajudaram bastante nas investigações. Dificilmente conseguiríamos chegar até os suspeitos sem a identificação dos mesmos”, declarou Hosana Andrade, Delegada Titular do 12º Distrito integrado de Polícia (DIP).

Segundo depoimento dos envolvidos, Danilo está sendo apontado como o “idealizador” da ação criminosa. “Ele esteve na Nilton Lins pela manhã para efetuar o pagamento da mensalidade e aproveitou para se informar qual setor ficaria responsável pelo recebimento do dinheiro. À noite ele retornou com os outros integrantes da quadrilha para executarem o assalto, que estava sendo planejado desde o início de abril, segundo relatos de Alan e Bruno”, concluiu a Delegada Hosana Andrade.

Estiveram envolvidos nesse caso todos os departamentos da Polícia Civil. “Quero ressaltar o excelente trabalho dos profissionais do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), que foram fundamentais para a identificação das evidencias coletadas no local que auxiliaram na identificação dos suspeitos”, declarou o Delegado Geral de Polícia Civil do Amazonas, Josué Rocha.

Ainda de acordo com o Delegado Geral, irão ser demandadas as operações policiais para prender os outros dois suspeitos da participação do assalto que estão foragidos.

O Delegado Geral Adjunto, Mário Aufiero, destacou a importância do envolvimento dos Policiais Civis que estão à frente das investigações do caso. “Assim que tomamos conhecimento do fato, montamos uma ação conjunta, envolvendo vários departamentos da instituição, como o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) e Distritos Integrados de Polícia (DIPs)”, ressaltou Aufiero.

Quem puder colaborar com informações sobre o caso, entrar em contato pelos números: (92) 3214-2260 ou 9962-2187. A Polícia Civil assegura o sigilo da identidade dos informantes(Ascom).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.