Pelé pede para torcida apoiar seleção mesmo em derrota na Copa das Confederações: “É preparação”

Rio – Presente em evento de inauguração do relógio de contagem regressiva de um ano para a Copa do Mundo de 2014, nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, Pelé fez coro às frequentes palavras do técnico Luiz Felipe Scolari e pediu para que a torcida apoie a seleção brasileira mesmo em caso de derrota dentro de casa na Copa das Confederações.

O Rei do futebol lembrou que o torneio que começa no próximo sábado é uma preparação para o Mundial e espera a compreensão dos torcedores.

“Estamos preparando a equipe na Copa das Confederações, e as coisas podem não sair bem dentro de campo. Queria pedir a todos os brasileiros para não vaiarem a seleção brasileira, ainda tem um ano para a Copa, peço para apoiarem a seleção mesmo se a equipe não for bem. É uma preparação, esse é o meu pedido”, disse Pelé.

Tricampeão mundial com a seleção, em 1958,1962 e 1970, Pelé espera agora poder comemora fora de campo um título do país conquistado dentro de casa. O ex-jogador lembrou da dolorosa derrota do Brasil na Copa do Mundo de 1950, quando o time perdeu a final dentro do Maracanã para o Uruguai.

“Nós vamos fazer um excelente Copa, sem dúvida nenhuma, temos confiança. Ganhar ou perder depende de sorte, de como vai estar a equipe. Eu espero não ter a mesma experiência de quando eu tinha nove anos. Meu pai estava ouvindo no rádio em Bauru a Copa de 50, e eu vi meu pai chorando com a derrota. Espero que o Brasil tenha sorte desta vez e seja campeão aqui dentro do Maracanã”, afirmou.

Pelé também reconheceu que a seleção ainda precisa melhorar bastante coletivamente para brigar pelo título mundial, mas mostrou confiança no trabalho de Felipão e na qualidade individual dos atletas brasileiros.

“A equipe não está pronta, mas tenho certeza que com a qualidade dos nossos jogadores nós podemos ter uma seleção forte. Infelizmente, tivemos um tempo com o Mano (Menezes) e perdemos a oportunidade, porque não fizemos uma base. Neste ano temos o Parreira e o Felipão, que são dois treinadores experientes. Temos uma base boa do meio-campo para trás, mas nós precisamos organizar ainda do meio para a frente, e a Copa das Confederações vai servir para isso”, analisou o Rei.

A seleção estreia na Copa das Confederações no próximo sábado, diante do Japão, no estádio Nacional de Brasília.(Fonte: ESPN) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.