Pais acorrentam filho para impedir envolvimento com venda de drogas

Criança acorrentada pelos pais para evitar entrada na venda de drogas
Criança acorrentada pelos pais para evitar entrada na venda de drogas
Criança acorrentada pelos pais para evitar entrada na venda de drogas

Manaus – Desesperados para não ver o filho morto por traficantes, pais mantinham filho, uma criança de 11 anos, acorrentado dentro da própria casa, localizada na rua Jaca Mirim, loteamento Parque Rio Solimões, bairro Tarumã, Zona Oeste.

Indignados com a situação, vizinhos denunciaram o caso aos policiais militares da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O crime foi descoberto no fim da tarde desta sexta-feira, (10), depois dele permanecer horas acorrentado.

De acordo com o tenente Richarles da 20ª Cicom, o pai da criança e a madrasta informaram que mantinham a criança amarrada com correntes porque ele fugia de casa para vender droga.

“O pai disse que trabalhava e a mulher dele tambem e eles não tinham outra maneira de deter o filho. Ele disse que o filho fugia para o bairro da Compensa e temia pela vida dele que, possivelmente era recrutado por traficantes para vender drogas”, explicou.

A PM conduziu o pai, a madrasta e a vítima até a sede da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Zona Centro-Oeste, onde prestaram depoimento. Até a publicação desta matéria, o casal ainda não tinha sido indiciado. Eles podem responder pelos crimes de abandono de incapaz e maus-tratos.

Amazonianarede-Cicom

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.