Operação “Vazante”, deflagrada em Manacapuru, prende 26

Cerca de 100 Policiais Civis, integrantes do Departamento de Polícia do Interior (DPI), Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), Departamento de Regressão ao Crime Organizado (DRCO) e servidores lotados na Delegacia Interativa de Manacapuru, prenderam 26 pessoas e apreenderam quatro adolescentes durante a operação “Vazante”, deflagrada na manhã desta quarta-feira (7) naquele município, distante 74 quilômetros de Manaus.

A ação, iniciada às 6h, tinha por objetivo combater o tráfico de drogas em Manacapuru e foi coordenada pelo Diretor do DPI, Delegado Antônio Chicre Neto, e pelo Delegado Titular da Delegacia Interativa de Manacapuru, Antônio Rodrigues.

Foram cumpridos no local 25 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão, expedidos pela juíza Patrícia Macedo de Campos, da 2º Vara da Comarca do Júri daquele município.

De acordo com o Delegado Antônio Rodrigues, a iniciativa visa combater o tráfico de drogas no lugar, que acaba induzindo a outros delitos correlacionados. Toda essa ação, envolvendo a participação de populares, por meio de denúncias, e a polícia, contribui para que a operação seja bem sucedida.

“Foram mais de seis meses de investigações. Durante essa ação conseguimos cumprir todos os mandados e, com isso, acabamos combatendo outros crimes ligados, como roubo, furtos e homicídios”, declarou Antônio Rodrigues.

Ainda de acordo com o delegado, mais apreensões já estão sendo programadas para reduzir o tráfico na cidade. “Já estamos pensando nos próximos passos. Pretendemos desarticular essas quadrilhas e prender todos que estejam envolvidas nos crimes. Conseguimos prender hoje os principais chefes do tráfico e pessoas envolvidas com o crime consideradas de alta periculosidade”, explicou.

De acordo com o Delegado Geral de Polícia Civil do Estado, Josué Rocha, a operação foi um sucesso e os moradores da cidade poderão ficar mais tranquilos, uma vez que essas pessoas presas e detidas estavam incomodando a população.

“Manacapuru irá respirar mais aliviada, pois essas pessoas incomodam demais os moradores daqui”, argumentou Josué Rocha. O Delegado Geral lembrou ainda da aproximação do Festival de Cirandas de Manacapuru, que será realizado nos dias 30 e 31 de agosto e 1º de setembro, onde as pessoas poderão brincar e se divertir com mais tranquilidade e segurança.

Ainda de acordo com Josué Rocha, o trabalho da polícia será continuo e todas as denúncias que chegam às unidades policiais são investigadas. “A comunidade passa a ver que a polícia está ao lado dos comunitários e, com isso, novas denúncias acabam chegando e todas elas são apuradas, podendo ocasionar uma futura operação”, frisou.

Durante a ação, os Policiais Civis apreenderam um veículo Palio, da montadora Fiat, de cor vermelha de placas JXF-9612, um Cross Fox, da montadora Volkswagen, de placas JXF-7835, uma pick up Montana da Chevrolet, de placas NOO- 8197, duas motocicletas modelo Yamaha Factor, uma motocicleta CG Titan da montadora Honda, de cor preta, de placa OAL- 0725 e duas rabetas.

Foram apreendidas também mais de 3 mil trouxinhas de substâncias entorpecentes, aproximadamente R$ 10 mil reais em espécie, pouco mais de 100 celulares, cinco televisores de LCD, dois aparelhos de DVD, um monitor de tela LCD e dois aparelhos de som.

População comemora

Após a ação da Polícia Civil no lugar, uma grande quantidade de pessoas esteve em frente à Delegacia Interativa de Manacapuru, para destacar de forma positiva os trabalhos realizados na cidade.

Relação das pessoas presas:

Delfino Neto Cramer, 31.
Dorivânia Carvalho Ferreira, 35.
Olívia Alves Façanha, 22.
Orismar da Conceição Alves, 57.
Davi Nazaré dos Santos, 25.
Noraney Taveira da Silva, 28.
Naeliton Viana, 19.
Sergionir de Oliveira Ferreira, 28.
Mizael Barros Leal, 21
Ediney Ferreira Ribeiro, 20
Débora Pereira de Oliveira, 20.
Alderir Santos da Silva, 33.
Edmar Vasconcelos da Silva, 30.
Adriano de Souza Castro, 23.
Janderson Nogueira, 28.
Felipe da Silva, 21.
Vanderlan Rocha de Souza, 40.
Francisco Sales Almeida, 47.
Marcos Douglas da Silva, 19.
Alexandre Pessoa de Souza, 19.
Geiciane Costa de Souza, 22.
Firmino Filho Rodrigo da Silva, 29.
Evandro Nascimento de Castro, 28.
Michael Silva de Lima, 21.
Regimar Vasconcelos da Silva, 30.
Vanderleia Ribeiro de Castro, 39.

Após as prisões e apreensões, todos foram conduzidos à delegacia onde foram realizados os procedimentos cabíveis. Os adultos presos foram encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Ataliba David Antônio, onde ficarão à disposição da Justiça. Os adolescentes, dois de 15, um de 16 e outro de 17 anos, prestaram esclarecimentos e foram liberados.

(Fonte: Ascom – Fotos: divulgação PC)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.