Operação “São Raimundo 2” prende dois traficantes

(Foto: Ascom)

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou na manhã desta quinta-feira (3) a operação “São Raimundo 2”, coordenada pela Delegada Titular da Seccional Oeste, Suely Costa, e pelo Delegado Titular do 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo de Sá.

A ação resultou na prisão em flagrante de duas pessoas no bairro São Raimundo, Zona Oeste da capital.

Com o objetivo de combater o tráfico de drogas no local, durante a operação foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, expedidos no dia 13 de agosto deste ano pela juíza Lídia de Abreu Carvalho, da 1ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute).

Sidney Feitosa Barreto, 22, conhecido como “Rato”, foi preso na rua Santa Helena. Na residência dele, os policiais encontraram 60 trouxinhas de substância entorpecente com aspecto de pasta base de cocaína, cinco facões e R$ 52 em espécie.

Em outra residência na mesma rua, os investigadores prenderam Edirley de Oliveira Barroso, 37. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e um colete balístico.

“A ação de hoje é uma continuidade da operação “São Raimundo 1”, e foi concluída com êxito com as prisões dessas duas pessoas. As investigações irão continuar naquela área. Quero agradecer o apoio da comunidade que nos ajudou com as denúncias e pedir que eles continuem nos ajudando e acreditando no trabalho desenvolvido pela Polícia Civil”, destacou a Delegada Suely Costa.

Na ocasião, Rodrigo de Sá explicou os detalhes das investigações. “Foram três meses de investigações e no decorrer dos trabalhos foi constatado o envolvimento dos suspeitos com o tráfico de drogas. “Rato” e Edirley são braços dessa organização criminosa que está sendo investigada pela Seccional Oeste e o 5º DIP”, frisou.

Na sede da Seccional Oeste, “Rato” foi autuado em flagrante por tráfico de drogas (Artigo 33 da Lei nº 11.343/06) e Edirley responderá por posse irregular de arma de fogo e munição de uso restrito (Artigos 12 e 14, respectivamente, da Lei nº 10.826/03). Após o término dos procedimentos realizados na unidade policial, os dois serão encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.