Omar e Braga com fortes lideranças

Osny Araújo*

Muita gente pensou logos após a consagradora vitória de Artur Neto para a Prefeitura de Manaus, derrotando com “capote” a comunista Vanessa Grazziotin, com o apoio integral do senador Eduardo Braga, líder do Governo no Congresso nacional, que o ex-governador, considerado o maior derrotado no pleito municipal, havia perdido muito terreno eleitoral e popularidade, mas parece que a coisa não é assim e o senador politicamente está mais vivo do que nunca no cenário politico amazonense.

A empresa Perspectiva, do amigo Durango que trabalha com pesquisas, ainda com os eleitores ressaqueados do pleito municipal, foi às ruas e percorreu nove dos mais importantes municípios do Estado procurando saber as intenções de votos para governador e senador através de pesquisas estimuladas, dessas que os pesquisadores apresentam nomes aos pesquisados e deu Eduardo Braga na cabeça.

Essa mesma “gordura política” também tem o governador Omar Aziz, que teve a sua administração aprovada por 73% dos entrevistados, o que demonstra claramente a sua grande liderança política no Amazonas, o que certamente lhe abre grandes portas para chegar com certa tranquilidade ao Senado da República.

Com mais de três décadas na política, carreira iniciada como vereador na câmara Municipal de Manaus, deputados estadual, relator da Assembleia Estadual Constituinte, deputado federal, prefeito e governador do Estado em duas oportunidades, Braga não conseguiu eleger Vanessa, mas politicamente continua forte no Estado e esse fato foi demonstrado na pesquisa da Perspectiva, logo o terceiro mandato de governador do Amazonas poderá já estar sendo alicerçado e com bastante antecedência. Ele aparece com 54,3% de intenção de votos, percentual dos mais conceituados.

Claro que essa pesquisa da Perspectiva é apenas um ensaio, para aguçar ainda mais a questão eleitoral no Estado e ao que parece, não foram questionados nomes como o do prefeito eleito Artur Neto, do PSDB e nem o do governador Omar Aziz (PSD), que deverá ser candidato natural ao Senado para a disputa de uma única vaga.

Na pesquisa atual, a liderança é do deputado estadual marcos Rotta, com pouco mais de 20%, mas como Omar na disputa, certamente que essa história será literalmente alterada. Ninguém tem nenhuma dúvida quanto a isso, pois sabemos da grande força política e liderança do governador amazonense.

Como a transferência de votos é algo muito complicado e quase ninguém consegue o senador Eduardo Braga não teve sucesso na investida política que fez tentando colocar na Prefeitura de Manaus a senadora Vanessa Grazziotin, mas a pesquisa-Perspectiva mostra claramente que o seu poderia eleitoral continua vivo no Estado, o que significa dizer que o arranhão político que sofreu na eleição municipal, poderá ser facilmente cicatrizado e sem nenhuma sequela.

Acostumado com as nuances da política, tribuno fluente e espírito de liderança, Braga sabe perfeitamente do arranhão que sofreu nas eleições municipais e certamente, tomará algumas providências no campo político para apagar essa má participação eleitoral e olhar com mais determinação 2014, pois sabe que tem amplas possiblidades de voltar ao Governo do Amazonas sucedendo a Omar Aziz, que por estar cumprindo o segundo mandato, não poderá concorrer amais a reeleição, mas a vaga no Senado esta inteiramente aberta. Parece-me, ser apenas uma questão de tempo e nada mais.

(Postagem simultânea nos sites: Noticianahora, Amazonianarede, Tadeudesouza e blog Jornalismo Eclético).
*Osny Araújo é jornalista e analista político.
E-mail: [email protected][email protected] 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.