Omar Aziz dá posse aos novos secretários de Governo e reforça compromissos assumidos

Foto divulgação

Foto divulgação

Amazonianarede – Agecom

Manaus – Ampliação de programas sociais, redução de gastos, manutenção dos investimentos do Estado com a garantia do cumprimento dos compromissos assumidos com a população até o final de seu mandato, foram os pontos mais importantes destacados pelo governador Omar Aziz na posse dos novos secretários de Estado.
Rebecca Garcia, na Secretaria de Governo (Segov), e Afonso Lobo, na Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz), além de George Tasso, que assumiu a Unidade Gestora da Cidade Universitária, um dos principais projetos da gestão Omar Aziz, foram empossados nesta segunda-feira, 10 de dezembro, no auditório da Sede do Governo, na Compensa, zona oeste. A solenidade contou com a presença da presidente do Fundo de Promoção Social (FPS), primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, o vice-governador José Melo, o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira, autoridades dos poderes Legislativo e Judiciário e políticos.

Em seu discurso, o governador ressaltou a importância da redução de gastos com o custeio como uma das missões mais importantes dos novos secretários. “Vamos honrar, até o dia 31 de dezembro de 2014, com tudo o que nos comprometemos, sem de forma nenhuma comprometer o Estado. Mas, para isso, é necessário sacrifício. Precisamos diminuir alguns custos que não dão nenhum tipo de resultado na atividade fim. É necessário diminuir custeio sem perder a excelência no atendimento”, disse o governador.

Segundo Omar Aziz, a nova secretária de Governo, Rebecca Garcia, terá um papel importante nesse sentido. “Eu acredito muito na sua força de vontade, na sua sensibilidade de mulher, para que nós possamos com todos os secretários e servidores do Estado levar um serviço de qualidade à população”. Omar Aziz citou entre as principais metas, a ampliação de alguns programas sociais, como o “Viver Melhor” e o “Oportunidade & Renda”, que devem ser expandidos para o interior, além da construção de novas escolas de tempo integral na capital e interior e os programas de habitação, em especial o “Minha casa, Minha Vida”, parceria com o Governo Federal. No próximo dia 20 serão entregues cerca de 3,5 mil apartamentos, mas o objetivo é construir quase dez mil.

Outras metas que devem ser priorizadas até o final da gestão são obras do sistema viário, como a avenida das Flores e aeroportos no interior. “No primeiro momento, a nossa missão é contribuir com a transversalidade no governo. Há uma preocupação grande na manutenção dos programas e ampliação das metas”, observou Rebecca. O secretário de Fazenda Afonso Lobo disse que está entre suas prioridades manter o nível de investimento do Estado com recursos próprios. “É o investimento em infraestrutura que traz o desenvolvimento. É preciso manter o custeio sob controle, ampliar o investimento, melhorar arrecadação e diminuir os gastos”, disse o novo secretário, que vai administrar um orçamento anual projetado que gira em torno de torno de R$ 12 bilhões.

De acordo com George Tasso, que deixou a Segov para assumir o projeto de construção da Cidade Universitária, a primeira missão havia sido, até então, a mais difícil na vida pública. “Agora, com a Cidade Universitária, um projeto ousado, será também um grande desafio trabalhar em uma obra com interesse público de altíssima relevância”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.