Manifestação obriga lojas do centro a ter expediente mais curto amanhã

Manaus – Para evitar maiores prejuízos com a manifestação programada para o centro de Manaus, amanha, dia 20, os lojistas da região resolveram encerrar o expediente mais cedo e com isso, evitam maiores consequências ,prejuízos e os funcionários terão condições de um melhor deslocamentos para as suas casas ou escolas.

O CDL-AM alerta aos lojistas que o fechamento das lojas mais cedo, representará segurança para as lojas e para os funcionários, que dessa forma poderão se afastar mais cedo do centro, local onde milhares de pessoas, segundo os organizadores estarão presentes à manifestação, agora, com caráter quase nacional.

O protesto é ligado ao movimento nacional que ocorre em diversas cidades brasileiras para pedir redução do valor da tarifa de transporte urbano e se posicionar contra a condução da política brasileira, corrupção e gastos públicos com obras para as copas das Confederações e do Mundo de Futebol.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-M) recomenda que os comerciantes fechem as lojas às 15h, principalmente no entorno da praça Matriz – local marcado para ser ponto de aglomeração inicial dos manifestantes. A decisão da CDL-M teve participação da Secretaria de Estado de Segurança Púbica (SSP). O horário recomendado para fechamento é para haver tempo hábil de deslocamento de clientes e funcionários. O protesto está marcado para começar às 17h.

“Os estabelecimentos que mantiverem suas portas abertas após o horário solicitado estarão colocando em risco iminente a integridade física de colaboradores, clientes e patrimônio”, alertou a CDL-M, em comunicado.(CDL)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.