Manausprev estuda implantar Programa de Reabilitação Ocupacional

(Reportagem e foto: Marcia Claudia Senna)

Uma equipe do Fundo Único de Previdência do Município de Manaus (Manausprev) visitará a Secretaria Municipal de Recursos Humanos de Curitiba/PR a fim de conhecer o Programa de Reabilitação Ocupacional dos Servidores implantado naquele município.

O objetivo é verificar a possibilidade de implementar o programa em Manaus, oferecendo um serviço a mais ao funcionalismo. A visita acontece nos dias 15 e 16 de outubro.

O Programa de Reabilitação Ocupacional trata de reabilitar e/ou readaptar o servidor, de modo a evitar a aposentadoria precoce. “Vamos a Curitiba conhecer o aparato legislativo, a estrutura e o fluxograma da reabilitação Ocupacional a fim de verificarmos a possibilidade de implementá-la no Manausprev Itinerante”, esclarece a diretora de Previdência do Fundo Municipal, Edna Mateus, referindo-se ao programa do órgão que visita as instituições do Executivo Municipal orientando os departamentos de Recursos Humanos e os servidores ativos sobre o gerenciamento da vida funcional, levando ações de pré-aposentadoria, como a simulação, e orientações para a pós-aposentadoria. Além da diretora, vão a Curitiba as servidoras Ellen Holanda (Setor Psicossocial) e Graça Gil (Recursos Humanos).

O custo da aposentadoria por invalidez tem um alto impacto nas finanças do fundo previdenciário, considerando-se que, nesse caso, o servidor somente irá recolher previdência sobre o valor que exceder o dobro do teto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), hoje fixado em R$ 4.159,00. Outro pormenor é o aumento da expectativa de vida do brasileiro – hoje em mais 30 anos, conforme estudo do Banco Mundial – e a possibilidade desta aposentadoria vir a gerar uma pensão, o que obrigaria o fundo a arcar com o benefício por décadas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.