Lutador amazonense Alexandre Capitão na reta final para a disputa do Jungle Fight 51

Manaus – O amazonense Alexandre Capitão, 24, está em fase final de preparação para o Jungle Fight 51, dia 26 de abril, no ginásio do Botafogo, no Rio de Janeiro. O lutador de MMA faz do time de campeões apoiados pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

Na Cidade Maravilhosa, o manauara do Clube Pina/Orion Fight fará um tira-teima contra Fabiano “Jacarezinho” (Boa Vista-RR), da academia X-Gym, valendo pela categoria até 66 kg.

“Essa luta vai ter um gosto de revanche, pois ele me venceu em 2007 no evento Amazon Challenger. Na época, eu ainda estava começando no MMA e não sabia nada de boxe ou muay thai, mas agora a história vai ser bem diferente. Treinei duro e estou focado para dar um grande espetáculo”, garante Alexandre Capitão, atiçando a rivalidade.

Caso vença o adversário, ele vai se credenciar para a disputa do cinturão da categoria até 66 kg contra o vencedor do duelo entre Edmilson “Kevin” de Souza (Tavares Team/Ataque Duplo) e Fabiano “Soldado” (X-Gym).

Nesta terça-feira, dia 16 de abril, na Vila Olímpica de Manaus, Alexandre Capitão fez um treino aberto à imprensa ao lado de seu treinador de boxe, Ernani Puga. Ele aproveitou para agradecer a parceria com a Sejel.

“Esse apoio do Governo é um incentivo a mais para continuar treinando e representando o Amazonas nos principais eventos de MMA. Estou satisfeito com essa parceria, que só tem a acrescentar na minha carreira”, disse Capitão, que está na lista de prováveis novos integrantes do UFC.

Em fevereiro, o lutador recebeu da titular da Sejel, Alessandra Campêlo, a garantia de acompanhamento de especialistas do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (CTARA), o programa de excelência esportiva do Governo do Estado. Além disso, ele recebe passagens para que seu “staff” o acompanhe nas competições.

TRAJETÓRIA DO LUTADOR

Com um cartel de 17 lutas, sendo 13 vitórias e quatro derrotas, o amazonense nascido no bairro do Japiim 2, Zona Sul de Manaus, é um dos novos fenômenos do Brasil no peso pena (até 66 kg).

Ele começou a carreira no jiu-jítsu aos sete anos e ganhou tudo que era possível com o quimono, como campeonatos brasileiros, pan-americanos e mundiais. Desde 2007, mudou-se para o concorrido mundo das Artes Marciais Mistas (MMA).

ASTRO DA SELVA

Atualmente, Alexandre Capitão curte uma fase de glórias no Jungle Fight, o maior evento de MMA da América Latina e que é presidido pelo ex-lutador amazonense Wallid Ismail. Em seu último combate, no Jungle Fight 49, no Rio de Janeiro, Alexandre Capitão venceu Talison Soares, de Natal, por finalização aos 2 minutos do primeiro round.

O lutador do Clube Pina/Orion Fight também é apoiado pela Prefeitura de Manaus.

Fonte – Sejel 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.