Lançamento da X Mostra de Ciências do Assentamento Vila Amazônia acontece nesta segunda-feira

(Reportagem: Felipe Rosa)

Realizada anualmente em Parintins, a Mostra de Ciências do Assentamento Vila Amazônia chega, em 2013, à sua décima edição.

Marcada para acontecer nos dias 13 e 14 de novembro (quarta-feira e quinta-feira), o evento conta, antes, com um lançamento oficial, que ocorre nesta segunda-feira, 11 de novembro, no Núcleo de Apoio à Pesquisa e Transferência de Tecnologia (NAPTT) do Baixo Amazonas, pertencente à Embrapa e localizado no município parintinense.

O lançamento da Mostra tem início às 8h, com as exposições intituladas “Dez anos de Mostras de Ciências da Vila Amazônica: dez anos semeando agroflorestas e conservação” e “Construção e Manutenção da Saúde do Solo”. Também no NAPTT, localizado na Rua Jonathas Pedrosa, 369, às 9h, acontece uma entrevista coletiva à imprensa, com representantes das instituições promotoras do evento.

Às 10h os participantes do lançamento da Mostra visitam um Quintal Agroflorestal Urbano, localizado na Rua Tucumã, Lote 62, Bairro Tonzinho Saunier. O Quintal Agroflorestal a ser visitado é um exemplo de uso sustentável do espaço urbano que, por meio de práticas agroecológicas, produz alimentos saudáveis, serviços ambientais e bem estar.

X Mostra de Ciências da Vila Amazônia

A X Mostra de Ciências da Vila Amazônia tem como tema neste ano “Dez anos semeando agroflorestas e conservação“. O evento acontece na Comunidade Nossa Senhora de Fátima – Açaí, no Centro de Capacitação Rural (Casa de Agricultura Familiar Rural), na Vila Amazônia, em Parintins.

No primeiro dia de atividades, 13 de novembro, a partir das 8h30min, será realizada uma retrospectiva dos dez anos das Mostras de Ciências, além de uma apresentação de experiências inovadoras para a sustentabilidade. No segundo dia, 14 de novembro, a partir das 7h30min, acontece uma Oficina de Construção da Saúde do Solo.

A Mostra de Ciências é coordenada pelo Inpa, por meio do Programa de Conservação do Gavião-real, Projeto Pé-de-Pincha da Universidade Federal do Amazonas, Projeto Ajuri Agroflorestal da Embrapa e por comunidades da Vila Amazônia.

Também são parceiras do evento as seguintes instituições: Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Prefeitura de Parintins, Prefeitura de Juruti, Ibama, Ifam, CNPq, UEA, Fapeam, Grupo Ambiental Natureza Viva, Grupo de Proteção Ambiental ao Gavião-real, Articulação Parintins Cidadã e Vale.

Histórico e objetivos

A primeira edição da Mostra de Ciências no Assentamento Vila Amazônia foi realizada em 2004, a partir do Projeto Gavião-real do Inpa, que necessitava de uma alternativa para conciliar o uso sustentável da terra com a conservação da biodiversidade. Desde então, a atividade tem por finalidade integrar e divulgar conhecimentos científicos e populares promotores de sustentabilidade e soberania.

As Mostras em especial debatem a importância dos recursos naturais e as alternativas econômicas para uso sustentável, como sistemas agroflorestais, manejo de animais silvestres, fitoterápicos e turismo ecológico de base comunitária. Neste ano a programação da Mostra faz parte da X Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e é financiada pela Vale S.A., Fapeam, CNPq, Sepror/Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Parintins.

O evento tem os seguintes objetivos: apresentar experiências inovadoras das instituições e comunidades para a sustentabilidade e soberania do Assentamento da Vila Amazônia; incentivar a pesquisa nas escolas do Assentamento Vila Amazônia – Incra sobre temas que tragam melhoria à qualidade de vida e catalise o envolvimento das comunidades com as metas conservacionistas; realizar trocas de saberes e de experiências científicas e populares sobre como a fertilidade e a saúde do solo podem ser construídas e mantidas por meio de práticas agroecológicas; e debater a importância da conservação dos recursos naturais e as alternativas econômicas para o manejo sustentável, como sistemas agroflorestais de base agroecológica.

Além de exporem suas experiências de ações para a sustentabilidade e seus produtos agroflorestais, comunidades e agricultores irão participar de um concurso dos melhores produtos, nas categorias orgânico e convencional.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.