Julgamento de Mizael, acusado de matar Mércia começa nesta segunda

Mizael Bispo
Mizael Bispo

Amazonianarede – Agências

Guarulhos, SP – O julgamento do militar reformado e advogado Mizael Bispo de Souza começa nesta segunda-feira (11), no fórum de Guarulhos, na Grande São Paulo. Ele é acusado de matar sua ex-namorada, a advogada Mércia Nakashima.

A expectativa da promotoria do caso é de que ele pegue pelo menos 20 anos de prisão. “Ele tem o perfil típico de um criminoso passional, uma pessoa que não aceita o término de um relacionamento e aí aflora sentimento de vingança”, disse o promotor Rodrigo Merli Antunes. Mizael Bispo irá a júri popular.

Mércia foi morta a cerca de três anos. O corpo da jovem advogada foi encontrado em uma represa na cidade de Nazaré Paulista, no interior do Estado de São Paulo.

A promotoria acusa Mizael de ser o autor do assassinato juntamente como o vigia Evandro Bezerra da Silva. O crime teria ocorrido porque o policial reformado não teria aceitado o término do relacionamento. Ele será julgado por homicídio triplamente qualificado, motivo torpe e com emprego de meio cruel. O policial nega as acusações.

Como prova contra Mizael, a promotoria irá apresentar o sigilo telefônico dele, que mostraria ligações feitas por ele e por Evandro Bezerra, inclusive de locais próximos à represa na qual foi encontrado o corpo de Mércia.

Os laudos periciais também serão apresentados como prova e devem mostrar marcas de sapato compatíveis com as de Mizael, encontradas na represa onde a moça foi morta.

Mizael Bispo está preso desde fevereiro de 2012, no Presídio Militar Romão Gomes, no bairro de Tremembé, zona norte da cidade de São Paulo. Ele ficou mais de um ano foragido, antes de se apresentar à justiça.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.