Jornalista do Aleam Notícias é classificada entre os finalistas do Prêmio Milton Cordeiro

(Foto: Reprodução TV ALE)

A jornalista Priscila Sena, do programa Aleam Notícias, da TV ALE, canal da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), está entre as cinco finalistas na categoria Telejornalismo do Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo 2013, da Fundação Rede Amazônica.

Na matéria sobre o tema “Ouro Amazonense”: Um novo polo de desenvolvimento para o Estado, a jornalista, aponta as alternativas econômicas que estão embaixo do solo.

A matéria de Priscila faz parte de uma retrospectiva feita pela TV ALE, coordenada por Orlando Câmara, no primeiro trimestre de 2013. Na matéria, a jornalista faz um balanço do Polo Industrial de Manaus (PIM), que sustenta mais de 80% da economia desse Estado e aponta outras alternativas de desenvolvimento econômico como a exploração do potássio.

A produção mostra o trabalho do presidente da Comissão de Geodiversidadae, Recursos Hídricos, Minas, Gás e Energia da Aleam, deputado estadual Sinésio Campos (PT), que realizou Audiências Públicas em vários municípios como Autazes (a 113 quilômetros de Manaus), Nova Olinda (a 135 quilômetros de Manaus), Borba (a 151 quilômetros de Manaus) e Nhamundá (a 383 quilômetros de Manaus), ricos em potássio, visando incrementar a produção desse mineral no Estado.

Equipe coesa

A escolha de uma reportagem da Aleam Notícias é na opinião de Orlando Câmara uma sinalizador de que a equipe de comunicação da TV ALE é de qualidade e que está focada tanto em assuntos do Parlamento Estadual como da Amazônia. “É um canal legislativo focado no desenvolvimento da região”, frisou.

Em sua segunda edição, o Prêmio conta com inscritos do Acre, Amapá, Amazonas, Roraima e Rondônia que contemplará as melhores matérias com temas que exaltem ou promovam o desenvolvimento e valorização da Amazônia. Os vencedores receberão um prêmio de R$ 3 mil, sobre os quais recairão os impostos exigidos por lei, cuja entrega nas categorias Impresso, Webjornalismo, Radiojornalismo e Telejornalismo será feita na última noite do Seminário de Jornalismo da Amazônia, promovido pela Rede Amazônica, entre 18 a 20 de setembro no Studio 5, localizado no Distrito Industrial de Manaus.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.