Gurgel volta a insistir em prisões imediatas

Procurador quer prisoes imediatas

Procurador quer prisoes imediatas

Amazonianarede – Brasil247

Brasília – O Supremo Tribunal Federal condenou, mas o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ainda acredita que a sentença do mensalão pode “acabar em pizza” caso as prisões não forem determinadas imediatamente.

José Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão, além de multa de R$ 676 mil. A pena de Genoino ficou em 6 anos e 11 meses de reclusão, além de multa de R$ 468 mil. A punição estabelecida para Delúbio Soares foi 8 anos e 11 meses de prisão e multa de R$ 325 mil.

Segundo o Painel, da Folha, Gurgel vai insistir nos próximos dias, em memorial ou sustentação oral, a importância do cumprimento imediato das penas, já que, segundo ele, o STF é a instância final, e eventuais embargos devem esclarecer apenas aspectos formais.

Desde o início do julgamento, o chefe do Ministério Público, responsável pela acusação, tem pedido reiteradamente que os condenados sejam presos imediatamente ao final da análise.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.