Greve: usuários revoltados incendeiam ônibus no São José

Manaus – Uma greve deflagrada por trabalhadores do transporte coletivo, da empresa Global – antiga Vitória Régia – na manhã desta segunda-feira (01), causou tumulto na zona leste da cidade, onde moram cerca de 700 mil pessoas.

Os grevistas, motoristas e cobradores, acusam a empresa de descontar dos salários o valor referente ao FGTS e não depositar, conforme conferência feitas por eles.

A confusão começou no início da manhã, quando milhares de trabalhadores aguardavam o transporte que não chegou. Revoltados eles fecharam o trânsito na área do viaduto do São José e atearam fogo em um ônibus da empresa.

A polícia militar foi acionada e enviou a tropa de choque, que precisou usar bombas de gás lacrimogêneo para controlar os ânimos.

Os manifestantes ocuparam o viaduto e tentaram invadir a garagem da Global para depredar os veículos que ficaram estacionados. De acordo com informações do repórter Alberto Pellegrini, da rádio Difusora do Amazonas, 350 coletivos deixaram de rodar nesta manhã, prejudicando milhares de usuários que não tiveram como chegar aos seus destinos.

(Amazonianarede – Sérgio Costa – Alberto Pellegrini)
(Fotos – TV Tiradentes – Sandra Monteiro)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.