Grêmio tem bom histórico contra colombianos

Porto Alegre – Grêmio encara o Atlético Nacional nesta terça, 22h, na Arena, para esquecer as quedas para Santa Fe e Millonários nas últimas duas temporadas.

Depois da sequência de vitórias e a situação tranquila no Gauchão, o Grêmio volta seus olhares para a Libertadores. E o clube gaúcho terá pela frente um rival direto pela liderança do Grupo 6 da competição, contra o Atlético Nacional (COL), na Arena. O histórico recente diante de colombianos do Tricolor contrasta com a história de dois títulos em duelos com times do país.

São 18 jogos contra colombianos na história da Libertadores. São oito vitórias, três empates e sete derrotas. A mais expressiva vitória foi contra o adversário desta terça, às 22h: na final de 95, com uma vitória e um empate e taça no armário.

A lista é longa. Começa em 1983, no ano do primeiro título, com duelo contra o América de Cáli no triangular semifinal, com uma vitória e uma derrota. Em 95, o duelo que terminou em título. Em 96, uma derrota e uma vitória e eliminação na semifinal. Em 2003, queda nas quartas de final para o Independiente de Medellín, com um empate e uma derrota.

A partir daí, há uma fase de jogos apenas em fases de grupos. Em 2007, dividiu a chave com Cúcuta e Tolima. Empatou uma e perdeu outra para o primeiro e venceu e foi superado pelo segundo. Em 2009, enfrentou o Boayacá Chicó, com duas vitórias. Em 2011, uma vitória e uma derrota nos duelos com o Júnior de Barranquilla.

Nos últimos anos, porém, os encontros renderam dissabores para os gremistas. Todos que Pará participou. O lateral esteve na eliminação para o Millonários, no El Campín, pela Cop Sul-Americana em 2012, nas quartas de final. E a queda para o Independiente Santa Fé, nas oitavas da Libertadores do ano passado.

— Não tenho uma lembrança muito boa. Fomos eliminados dois anos seguidos por times da Colômbia, mas espero que na terça-feira esperamos quebrar essa maldição, vamos dizer assim, porque o nosso time é muito bom e temos tudo para ganhar do Nacional  — garantiu o lateral-direito Pará.

Fonte: Zero Hora RS

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.