Governo do Amazonas faz mapeamento da acessibilidade em pontos turísticos de Manaus

Manaus – O Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), está realizando um trabalho de mapeamento da acessibilidade nos principais pontos turísticos de Manaus. O trabalho tem por objetivo analisar, de forma geral, os aspectos de acessibilidade turística às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

De acordo com a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, este trabalho começou no último dia 8 de março e prossegue até o dia 14 de junho e está sendo coordenado pelo professor e consultor em acessibilidade, Renato Neves. “A equipe está percorrendo equipamentos e edificações públicas e seu mobiliário urbano, assim como das instalações e serviços dos estabelecimentos privados. Tudo para traçar um diagnóstico para trabalhar posteriormente na adaptação deles”.

O mapeamento, segundo Oreni Braga, tem como fundamentação a Lei Federal 10.098/2000 e o Decreto Federal 5.296/2004, que estabelecem as normas gerais para a promoção da acessibilidade, e que tornam obrigatório o atendimento a estas adequações em todas as edificações públicas e de uso coletivo, bem como em todas as vias e transportes públicos.

O consultor de acessibilidade Renato Neves informou que este trabalho se baseia também na norma NBR 9050:2004 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABnt), a qual estabelece critérios e parâmetros técnicos a serem observados quando do projeto, construção, instalação e adaptação de edificações, espaços e equipamentos urbanos às condições de acessibilidade. “Todo o trabalho tem seguido a risca da Cartilha nos enviada pelo Ministério do Turismo. Todos os pontos visitados, em conversa com as pessoas, há um sentimento que a ideia da inclusão muito boa”, completou Renato.

O trabalho de mapeamento já passou pelo porto e aeroporto de Manaus, zoológico do CIGS, Palácio da Justiça, Teatro Amazonas, Largo de São Sebastião, Palacete Provincial e a Casa Governador Eduardo Ribeiro.

(Agecom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.