Equipe Desordeiros leva a melhor na I Copa Amazonas de Paintball

Manaus – Ação e aventura tomaram conta da I Copa Amazonas de Paintball, que aconteceu neste final de semana, no campo da Agreco (Torquato Tapajós). O evento realizado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), contou a presença de 28 jogadores, de sete equipes, que disputaram até o último segundo o lugar mais alto do pódio da modalidade Speed.

Sagrando-se a campeã do evento, a equipe Desordeiros formada por Anderson Bonates, Riller Willy e Marcos Araújo, faturou R$ 1,5 mil reais e o respeito de todos os adversários. Mesmo sendo estreante na competição conseguiu fazer os oponentes comer poeira.

“Nós montamos o time especialmente para esta competição, e apesar de saber que todos os componentes eram fortes, nós não acreditávamos no primeiro lugar, pois a afinidade é conquistada aos poucos. Mesmo assim, conseguimos avançar e levar o primeiro lugar. Agora, é continuar com o trio e tentar até campeonatos nacionais”, disse Riller, ao comentar que a maior dificuldade da competição não foi só aguentar quase oito horas de disputa, mas enfrentar os dez quilos de vestimenta num clima de 38 graus.

“A gente tem que ter muito preparo físico, pois além da roupa, temos que suportar o peso do marcador, do cilindro, do cinto com pod de bolas, da cotoveleira. Só aí são dez quilos para carregar”, comentou o jogador.

Para o secretário da Semdej, Fabrício Lima, o evento teve saldo positivo ao reunir um público de 200 pessoas. “O paintball é um dos esportes de ação que mais cresce no Amazonas e estamos felizes com a realização deste evento. Infelizmente não foi possível realizar a modalidade Cenário, pois o campo não ficou pronto a tempo, mas vamos fazer uma competição voltada especialmente para esta categoria ainda este ano e com uma boa premiação. Sabemos que um evento como este estimula o crescimento da modalidade, e isso é o mais importante”,explicou o titular a Semdej, Fabrício Lima.

Segundo e terceiro lugar

O segundo lugar da competição ficou com X-Factor, de Boa Vista. O time formado por Hailan Santana e Aluísio Amílca ganhou o reforço do amazonense Wilson Martins. “Nós gastamos numa competição como essa quase 10 mil bolinhas. Tudo isso para acertar bem o alvo. Mas toda essa despesa, incluindo as passagens e hospedagem, é recompensada quando conseguimos nos destacar na competição. Estamos felizes com o segundo lugar e pretendemos voltar nas próximas edições”, comentou Hailan, que faturou R$ 700 com a equipe.

O terceiro lugar da competição foi ocupado pela Rage. A equipe, formada por Raphael Johnnes, Israel Paluch e Macswell Ferreira, escorregou durante a semifinal da competição e acabou por levar uma advertência do árbitro, que castigou a equipe com menos uma cravada (- 1 ponto).

“Ficamos tristes com a advertência que fez a gente perder a chance de uma posição melhor. Mas, por toda a concorrência do jogo, achamos que ainda conseguimos uma posição boa. Até porque, derrubamos uma grande favorita ao pódio, que foi a Soul Killer”, afirmou Johnnes, ao ressaltar que o prêmio de R$ 300 reais servirá para investir em novos equipamentos.

Foto: Antonio Lima/Semdej

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.