Em Porto Velho, cheia avança e rio mediu 17,50m sábado

(Foto: DA)

Porto Velho, RO – Dados da Defesa Civil Municipal apontam que o nível do rio Madeira está com 17,50 metros, porém, números da Defesa Civil Estadual, coordenada pelo Corpo de Bombeiros, apontavam 17,46, números publicados no site da corporação às 9h da manhã de sábado.

Os numeros divergentes são divulgados, mesmo com a criação, no início da semana, de um comitê para organizar a Operação Enchente tomar as iniciativas sobre a cheia em Rondônia.

O número de família afetadas também não é o mesmo repassado pelas Defesa Civil, enquanto a estadual aponta que 277 famílias foram desalojadas e 60 desabrigadas, a municipal diz que até são 653 famílias atingidas pela cheia do Madeira.

Segundo a Defesa Civil do Estado, até o momento os bairros atingidos são o Nacional, Triangulo, Candelária São Sebastião II. As famílias foram remanejadas para a Escola Maria Isaura, Igreja Nossa Senhora de Aparecida, Igreja Nossa Senhora de Fátima e Igreja São João Bosco.

Distritos

Dados do Estado afirmam que em São Carlos, 60 famílias estão em situação crítica e necessitam de remoção urgente do local. No distrito existem uma escola, uma igreja e um ginásio que podem ser utilizados como abrigo. Nas imediações do município, localidades como Terra Caída, Curitacu, Cuniã e outras, há mais 150 famílias que também necessitam de remoção.

Em Jacy-Paraná, embora a situação devido ao nível do rio esteja bem próxima de afetar a comunidade, ainda não há registro de famílias atingidas, embora se perceba in loco que algumas famílias abandonaram suas residências, informa o boletim da Defesa Civil estadual.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.