Denúncia contra Lula e o filho Lulinha é acatada pela Justiça

Brasil – Trocando em miúdos, o ex-presidente e seu ex-ministro e braço direito Gilberto Carvalho pediram seis milhões de reais em propina para viabilizar a edição de uma medida provisória favorecendo o setor automobilístico.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela segunda  vez na Operação Zelotes. O petista foi acusado do crime de corrupção passiva junto do ex-ministro Gilberto Carvalho (PT).

Os procuradores acusam os petistas de pedirem 6 milhões de reais em propinas para viabilizar a elaboração e a edição da Medida Provisória 471/09, que prorrogou por cinco anos benefícios tributários destinados a empresas do setor automobilístico

A Justiça Federal já aceitou uma acusação apresentada anteriormente contra Lula e o filho dele, Luiz Cláudio Lula da Silva, pelos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa no âmbito  da Operação Zelotes.

Na semana passada, o ex-presidente foi denunciado outras duas vezes pela Procuradoria-Geral da República, por formação de organização criminosa e por obstrução à Justiça. As duas últimas acusações da PGR foram no âmbito da Operação Lava Jato.

Amazonianarde-Veja

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.