“Delegado Legal” presenteia crianças com sessão de “Tá chovendo hambúrguer 2”

(Foto: Ascom)

Pipoca, refrigerante e cinema marcaram o último dia de atividades da programação da nova temporada do “Delegado Legal”, quando estudantes da rede pública da cidade e crianças contempladas por programas assistenciais puderam conferir no PlayArte do Manauara Shopping o filme “Tá chovendo hambúrguer 2”, em cartaz em todos os cinemas de Manaus.

Participaram da iniciativa nesta sexta-feira a Delegada Titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Linda Gláucia Moraes, a Delegada Titular da 4ª Seccional Oeste, Suely Costa, o Delegado Titular da 2ª Seccional Norte, João Ferreira Neto, o Delegado Titular do 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo Bona, o Delegado Titular do 28º DIP, Marcos Paulo Graciano, e demais servidores da Polícia Civil, que deram apoio ao evento.

Linda Gláucia Moraes, uma das coordenadoras do programa “Delegado Legal”, recepcionou e acompanhou as crianças do Lar Batista Janell Doylle, Casa Mamãe Margarida, Aldeias SOS, Serviço de Acolhimento Institucional Emergencial (SAIE) e Abrigo Coração do Pai, convidadas para o encontro.

“É uma grande satisfação poder trazer essas crianças ao cinema para que desfrutem desse momento especial, com lanche oferecido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Amazonas (Abrasel-AM). É muito gratificante ver o rostinho dessas crianças e a alegria que é contagiante”, declarou emocionada.

A Delegada Titular da 4ª Seccional Oeste, Suely Costa, levou as crianças do projeto “Segurança e Esporte pela comunidade”, parceria da Seccional Oeste com o Comando de Policiamento de Área (CPA).

A estudante do 6º ano da Escola Municipal Jarlece da Conceição Zaranza, Paula Maria Ramos Bernardes, 11, moradora do bairro Amazonino Mendes (Mutirão), estava bastante animada com o convite da Polícia Civil em levar os estudantes para assistir ao filme. “Gostei muito! Fomos bem recebidos, ganhamos lanche e o filme é bem divertido”, disse.

Segundo o pedagogo do SAIE, Sanderson Sales Launer, 33, a maioria das crianças acolhidas no abrigo se encontrava em situação de vulnerabilidade social. “Elas estavam ansiosas para virem ao cinema. Algumas nem conseguiram dormir direito. Essa iniciativa está de parabéns porque proporcionou a muitos deles a oportunidade de conhece o Teatro Amazonas, ir ao cinema e ter um Dia das Crianças diferente esse ano”, declarou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.