Convênio entre associação de agricultores e FPS beneficia escoamento de produções e aumenta renda familiar

(Fotos: Herick Pereira – Agecom)

Mais de 170 famílias da Associação de Produtores Rurais da Comunidade Nova Esperança (Asprones), localizada no município de Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus), estão com crescimento nas produções agrícolas e na geração de renda.

Os benefícios são frutos do bom escoamento que as produções dos agricultores tiveram com a entrega de um caminhão com capacidade de oito toneladas na comunidade, feita pela presidente do Fundo de Promoção Social (FPS) e primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, em outubro do ano passado, por meio de um convênio entre o Governo do Amazonas e a Associação, no valor de R$ 168 mil.

O caminhão fez com que os produtores rurais passassem a ter redução nos custos com fretes, qualidade no armazenamento dos produtos e novas oportunidades de negócios. O veículo possibilita o transporte de cerca de 100 toneladas, ao mês, da produção de banana, laranja, macaxeira, coco, mamão e também da piscicultura até Manaus. As produções atendem às demandas do Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme) do Governo Estadual, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) do Governo Federal e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Com as melhorias, as famílias superaram as dificuldades de trabalho e renda que existiam antes da chegada do transporte. Como é o caso da família da agricultora Maria Souza, 66, que tira o sustento das produções de banana e coco há 12 anos na comunidade. O serviço diário com os filhos é feito com muita dedicação, desde a retirada dos produtos nas plantações até o processo de limpeza e armazenamento. Todos se unem para garantir o ‘pão de cada dia’ que é levado pelo caminhão até a cidade de Manaus.

“Hoje, graças a Deus, as coisas melhoraram bastante e tenho muita alegria em trabalhar porque conseguimos escoar com mais facilidade. Antes tínhamos que pagar frete. Às vezes, o carro quebrava e deixávamos de vender e no final custava caro para a gente”, disse a dona Maria, ao lado de sua filha, a produtora rural Francinete Souza, 49, que comenta sobre como a mudança interferiu na qualidade dos produtos e no futuro da família.

“Antes, nossas caixas chegavam a Manaus desfeitas porque pegavam sol e chuva e se desmanchavam e perdíamos muitos produtos na estrada. Mas agora com o caminhão tudo chega arrumadinho e isso faz uma diferença para nossos compradores. E como consequência disso, hoje, temos uma renda bem melhor que dá para fazer novos planos de vida e cuidar dos meus filhos com mais dignidade”, contou.

A presidente do FPS e primeira-dama do Estado, Nejmi Aziz, ressalta que esses avanços são os principais objetivos do Fundo no Amazonas. “A proposta do Fundo de Promoção Social é criar essas oportunidades que o governador Omar Aziz sempre destaca nos investimentos da qualidade de vida da população”.

Melhorias de vida – Osvaldo Pereira, 61, trabalha há seis anos com produções de banana e macaxeira na comunidade e disse que fica feliz ao ver que, assim como ele, outros produtores da comunidade estão melhorando de vida. “Eu tinha uma produção baixa porque como era caro fretar um carro para levar meus produtos, o lucro mal dava para me sustentar. Quando recebemos o caminhão passei a ter com os outros colegas um aumento na renda que serve para investir mais no trabalho e nas nossas vidas”.

FPS – Desde a sua criação em 2011, o Fundo de Promoção Social já beneficiou mais de 16 mil famílias no Estado do Amazonas com um investimento de mais de R$ 11 milhões. Os recursos são voltados para projetos de geração de renda e qualidade de vida.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.