Confrontos na fronteira entre Gaza e Israel antes da inauguração da embaixada americana

Palestinos protestam posse embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém

Gaza/Israel-  Doze palestinos que protestavam contra a transferência da embaixada dos Estados Unidos em Israel morreram nesta segunda-feira (14) na Faixa de Gaza, vítimas de tiros de soldados israelenses, anunciou o ministério da Saúde do território palestino. Mais de 500 palestinos foram feridos, segundo o ministério do território governado pelo movimento islamita Hamas.

Um dos 12 mortos era um adolescente de 14 anos, informaram as autoridades palestinas.

Milhares de pessoas protestam desde o início da manhã na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel. Os soldados israelenses abriram fogo quando os manifestantes se aproximaram da cerca na fronteira.

As forças de segurança israelenses se preparam para protestos de dezenas de milhares de palestinos nesta segunda-feira na Faixa de Gaza, submetida ao bloqueio israelense, mas também na Cisjordânia ocupada, contra a inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém.

No domingo e nesta segunda-feira, o exército israelense lançou panfletos em Gaza para advertir os palestinos que participam nas manifestações que se expõem ao perigo e que não permitiria danos à cerca de segurança ou, ataques aos soldados ou aos civis israelenses vizinhos do território palestino.

Mais de 60 palestinos morreram vítimas de tiros israelenses nos protestos registrados na fronteira de Gaza e Israel desde 30 de março.

Amazoninarede- AFP

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.