Com 177 inscritos, Amazonas marca presença na maior competição estudantil do Brasil

(Amazonianarede com informações oficiais do COB)

Com 177 componentes do Amazonas em 13 modalidades, os Jogos Escolares da Juventude Natal 2013, etapa para jovens de 12 a 14 anos, terão mais de quatro mil atletas participantes, um recorde na história da competição.

Da quantidade, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e as Confederações Brasileiras Olímpicas buscam a qualidade. A competição realizada pelo COB tem contribuído para a revelação de talentos para o esporte brasileiro. A solenidade de abertura acontecerá nesta quinta-feira, 5 de setembro, às 18h, no ginásio Nélio Dias, em Natal.

A delegação recebeu as passagens aéreas do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), e recebe suporte de técnicos da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

REVELANDO CAMPEÕES

Nos Jogos Olímpicos Londres 2012, dos 259 atletas da delegação brasileira, 17 participaram das competições estudantis organizadas pelo Comitê. Entre eles as medalhistas olímpicas Sarah Menezes e Mayra Aguiar (judô); as finalistas olímpicas Rosângela Santos e Ana Cláudia Lemos (atletismo); e o semifinalista Leonardo de Deus (natação), além de atletas de basquete, futebol e handebol. O maior evento esportivo estudantil do País, que será realizado entre os dias 5 e 14 na capital do Rio Grande do Norte, reunirá mais de 4.300 atletas na disputa de 13 modalidades (atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez).

Durante oito anos, as Olimpíadas Escolares revelaram dezenas de atletas para o Time Brasil, aproveitados em diversas competições internacionais como os Jogos Olímpicos Londres 2012, os Jogos Sul-Americanos Medellín 2010 e os Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010. Organizada pelo COB desde 2005, a competição mudou de nome para Jogos Escolares da Juventude. Além de revelar atletas para as seleções brasileiras, o evento estimula a prática esportiva saudável entre milhões de jovens estudantes.

Nos Jogos Sul-americanos Medellín 2010, a participação de alunos atletas dos Jogos Escolares da Juventude representou 10% dos 561 desportistas do Brasil na competição. Eles foram responsáveis por 31 das 335 medalhas brasileiras conquistadas na Colômbia. Na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010, quase metade dos 81 competidores havia participado dos Jogos Escolares em anos anteriores. Com esses resultados, a expectativa é de que nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o número de jovens talentos brasileiros descobertos nas competições estudantis seja ainda maior.

Os Jogos Escolares da Juventude priorizam a relação multidisciplinar entre a educação, o esporte, a cultura e o meio-ambiente. Dessa forma, o programa incentiva a prática esportiva entre os jovens brasileiros; cria um ambiente favorável ao desporto dentro e fora da escola; promove um diversificado intercâmbio cultural existente num país de dimensões continentais; e incentiva o respeito ao próximo e à natureza. O sucesso e a continuidade desse trabalho são possíveis graças a mais de dois milhões de alunos atletas de, aproximadamente, 3.900 cidades, que participaram das fases seletivas apenas neste ano.

REALIZAÇÃO E PATROCINADORES

Os Jogos Escolares da Juventude Natal 2013 são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro, correalizados pelo Ministério do Esporte e pelas Organizações Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Prefeitura Municipal de Natal.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.