Carta do Turismo Sustentável na Amazônia pede mais investimentos

A Amazônia brasileira atrai turistas de todas as partes do mundo. As belezas naturais são fonte de renda para a população de cada cidade turística.

Para aliar preservação e sustentabilidade foi elaborada a ‘Carta do Turismo Sustentável da Amazônia Legal’, durante o 1º Congresso de Turismo, Hospedagem e Gastronomia, realizado em Belém. O documento solicita ainda um programa de investimentos como instrumento de ação para a região.

O professor Mário Carlos Beni, da Universidade de São Paulo (USP), enfatizou que a carta traduz as percepções, intuições, reflexões dos setores. “Ela (a carta) será encaminhada para o ministro do Turismo, Gastão Vieira”, informou.

A Carta contextualiza o cenário do turismo atual na região e estabelece as seguintes diretrizes: Sustentabilidade social, Sustentabilidade econômica, Sustentabilidade ambiental e Sustentabilidade institucional.

As propostas definidas na carta são: Constituir e consolidar rede e instâncias governamentais; assegurar a mobilidade regional, com a malha aérea nacional e regional integrada à logística intermodal de transporte; priorizar a malha rodoviária regional; estimular atividades que contribuam para a conservação dos recursos naturais.

Os representantes do turismo reivindicaram ainda na carta integrar a Amazônia Legal à Pan-Amazônia; criar centros de pesquisas; obter mais financiamento para qualificação e requalificação; ter um sistema de informação integrada; elaborar plano estratégico regional; criar um Conselho Regional do Turismo da Amazônia e reativar o Passaporte Amazônico.

(Amazonianarede – MTur)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.