Bebê vítima de bala perdida morre após seis dias internado em Manaus

Pais se desesperam com a notícia da morte do filho
Pais se desesperam com a notícia da morte do filho
Pais se desesperam com a notícia da morte do filho

Manaus – O bebê Richarlison Duarte Veras, de um ano e quatro meses, morreu no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, bairro São José, zona leste de Manaus, na manhã deste domingo (3). A criança foi atingida por uma bala perdida na cabeça, por volta das 22h30 da última segunda-feira (27), na Travessa S1, no Bairro Novo, zona leste de Manaus, após quatro homens encapuzados atirarem contra moradores do local, que haviam participado de um ensaio de quadrilha junina, conforme o relatório de Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Ainda conforme o documento do Ciops, um vizinho da criança, Iraelson Ramos, 29, foi ferido, com um tiro na perna. Ele ficou internado no Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, zona leste, e depois foi liberado pela equipe médica da unidade hospitalar.

A assessoria de imprensa do HPS Dr. João Lúcio informou que a criança passou por uma cirurgia neurológica, estava respirando com ajuda de aparelhos, mas não resistiu aos ferimentos.

A mãe do bebê, a dona de casa Marcela Duarte, de 33 anos, informou à reportagem que o menino estava no colo da avó, de 60 anos, dentro de casa, quando a bala o atingiu. “Até agora não sabemos porque fizeram isso lá no bairro. Nenhum morador quer falar sobre o que aconteceu e não temos nenhuma novidade sobre o assunto”, desabafou a dona de casa.

Na manhã desse domingo, a mãe e o pai da criança estavam em estado de choque com a notícia e choravam dentro do necrotério da unidade hospitalar.

Na última segunda-feira (27), moradores do Bairro Novo encontraram, no local do crime, cinco cápsulas de pistola 840 (arma de uso exclusivo das polícias Militar, Civil e das Forças Armadas).

O assassinato da criança será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Até o fim da manhã deste domingo, os quatro suspeitos deste crime eram desconhecidos para os investigadores da Polícia Civil. D24AM

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.