Banco de Alimentos de Rio Branco completa 1 ano de funcionamento

Rio Branco – O Programa Banco de Alimentos completou, neste mês, um ano de funcionamento. O projeto tem como objetivo evitar o desperdício, a partir do reaproveitamento de produtos descartados para comercialização.

As doações beneficiaram diretamente 19 instituições, que atenderam 1.130 famílias, correspondente a 4.520 pessoas. Creches comunitárias, casas terapêuticas e outras instituições recebem as doações.

O prefeito Marcus Alexandre agradeceu aos parceiros do programa. “O banco foi implantado pelo prefeito Angelim em parceria com o Governo Federal, Mesa Brasil, Sesc e Federação do Comércio. É muito importante, agradecemos e homenageamos empresários e as pessoas que fazem a doação e as entidades que recebem.

Reconhecemos que tem um gesto humano de doar e quem faz o trabalho comunitário de ajudar muitas famílias carentes”.

Supermercados, empresas alimentícias, centrais de abastecimento, mercados e feiras fazem as doações de alimentos fora dos padrões de comercialização, mas em condições próprias para o consumo humano. Após seleção, higienização e embalagem os produtos são distribuídos gratuitamente a instituições socioassistenciais cadastradas, as quais atendem famílias vulneráveis e em situação de insegurança alimentar e nutricional, explicou Dora Araújo, secretária de Assistência Social. “Essa é uma contribuição dada às famílias ou indivíduos que estejam em vulnerabilidade de nutrição ou alimentação. Ajudamos entidades e instituições, para que possamos enfrentar essa problemática. Esta é uma ferramenta que ajuda na melhoria da vida de muitas pessoas”.

Matheus Hernandes, empresário, doa frutas e verduras para o Banco de Alimentos desde a criação. Para ele, a sensação em participar do projeto é de dever cumprido. “É muito gratificante doar. Às vezes aquele alimento que não conseguimos vender ajuda muita gente. O trabalho feito aqui é fantástico, beneficia quem realmente precisa. É muito satisfatório ajudar”.

O Centro Cultural Novareze, localizado no bairro Areal, é uma das entidades que recebem as doações. Sandra Oliveira, coordenadora pedagógica da creche, ressaltou a importância da parceria. “Atendemos 120 crianças na creche e 30 da escolinha de futebol. Isso significa muito, elas precisam se alimentar e essa é uma grande contribuição. Esperamos que esse incentivo continue, para que o banco possa atender todos aqueles que realmente necessitam”.

(A Gazeta do Acre) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.